Unilever logo

Como montar um jardim: confira nossas dicas especiais e transforme sua casa

Aprenda como montar um jardim passo a passo escolhendo as plantas, seu revestimento e espaços de convivência.

Atualizado

Por Equipe Cleanipedia

Jardim externo florido visto por uma janela da casa

Já pensou em como montar um jardim? Se você mora nos grandes centros urbanos e sente falta do convívio com áreas verdes ou de ambientes naturais que transmitam tranquilidade e paz está lendo o artigo certo. Se vive em uma casa ou tem à sua disposição uma área que está meio ociosa, quem sabe não é a hora de investir um pouquinho, mas ganhar muito em qualidade de vida?

Geralmente, conseguimos encontrar nas casas algum espaço exterior e, mesmo que viva em um apartamento mas conta com um terraço, pode investir na montagem de um jardim externo que represente a tranquilidade que você tanto procura em seu lar. E o melhor é que dá para fazer isso sem gastar uma fortuna. Dê uma olhada nas nossas dicas. Vamos lá?

Você vai precisar:

  • Ancinho ou Rastelo
  • Mangueira de borracha
  • Regador
  • Luvas de proteção para jardinagem
  • Chapéu
  • Calçados apropriados
  • Vasos de tamanhos variados
  • Tesoura de poda
  • Água
  • Terra orgânica
  • Areia grossa
  • Húmus de minhoca ou esterco
  • Mudas escolhidas conforme o clima e características do seu jardim

Como montar um jardim externo

Se você já parou para avaliar a área que tem sobrando na sua casa e pensou que ela poderia ser melhor aproveitada, talvez esteja na hora de descobrir como fazer um jardim externo. O Cleanipedia traz um passo a passo com dicas preciosas para ajudar você a transformar essa área em um delicioso espaço de convivência.

  1. Delimitar bem a área do jardim

    O primeiro passo para montar um jardim, seja ele externo ou não, é escolher onde ele ficará e delimitar bem a sua área. Isso quer dizer saber onde ficarão as plantas, onde será a área de passagem, se haverá uma área de descanso ou convívio, se você vai colocar móveis, forração que delimite o espaço, e por aí vai. É bom se lembrar que estamos falando de seres vivos que precisam de cuidados. Isso inclui observar antes, principalmente, as características da incidência do sol, da luminosidade, se chove no local, se há muito vento. O clima da sua região influencia e muito na hora de delimitar a área do jardim e seu espaço de convivência.

    Quanto maior o jardim, mais precisa de cuidados. Frutas e flores dão mais trabalho do que folhagens. No entanto, você ganha em cor, variedade e sabor! Se você é inexperiente prefira plantas que dão menos manutenção e trabalho.

    Step 1: Decking
  2. Saber onde vão ficar as plantas e onde será a circulação

    Como fazer um jardim simples no quintal? O interessante é deixar o jardim bem funcional, com espaço calculado para tudo. Você pode montar um jardim somente com vasos ou plantar diretamente na terra.

    Com vasos você ganha em mobilidade, pode mudar as plantas de lugar e testar como fica mais bonito. Para plantar diretamente no solo, é preciso confirmar se seu solo é rico em nutrientes. Geralmente precisamos de terra orgânica e algum adubo se for essa a opção.

    É bom conversar com um jardineiro nas lojas de mudas para receber alguns conselhos. Na dúvida, peça ajuda para um especialista.

    Step 2: Plants
  3. Colocar um revestimento adequado nos pisos

    O revestimento é um elemento muito importante para um jardim externo. O piso em volta do jardim não deve ser liso e escorregadio. Na hora de molhar as plantas, o ideal é que não escorregue. Antiderrapantes ou revestimentos que tenham capacidade de drenagem facilitam a sua vida.

    Se o jardim externo for grande, dá para pensar em um tipo de revestimento para a área de circulação e outro para a parte que ficarão as plantas. Por exemplo: você pode plantar grama em volta da área delimitada para o jardim, onde espera deixar espaço para a área de convivência. Cascas de árvores em cima da terra que recebeu as plantas protege a terra, mantém a umidade e deixa o jardim arrumado.

    Outra sugestão é usar o mesmo revestimento em tudo. Um jardim externo todo revestido com seixo (aquelas pedras brancas) também fica lindo. Outra opção interessante é argila expandida. Seu orçamento e seu gosto vão definir sua escolha.

    Step 3: Plant
  4. Escolher as plantas de acordo com o clima da sua cidade

    Após decidir local e revestimento, é hora de escolher as plantas para montar o jardim externo. O clima da sua cidade e região vai definir a escolhas das espécies. Se você precisar de plantas resistentes ao sol para seu jardim, aposte em cactos e suculentas que estão acostumadas às altas temperaturas.

    Se a ideia é apostar em plantas para jardim fáceis de cultivar, opte por Samambaias ou Peperômias, que são espécies baratas e fáceis de cuidar. Prefere plantas ornamentais?

    Os Buxinhos, por exemplo, são excelentes opções porque gostam de sol e ficam bem em praticamente todos os ambientes. Lanças de São Jorge ou Espadas de São Jorge não demandam muita água. Begônias e Azaléias dão colorido especial quando colocadas junto a folhagens.

    Há muitos tipos de Palmeiras que não dão muito trabalho, têm formatos diferentes e podem trazer uma variedade de formas para o seu jardim. Cactos e Suculentas como a Jade são também plantas fáceis de cuidar.

    Pedras para jardim criam espaços e formas únicos. Se conjugados com mini cactos e mini suculentas produzem bordas de jardim incríveis.

  5. Colocar as plantas maiores no fundo e as menores na frente

    como montar um jardim pequeno? Um dos segredos de como montar um jardim externo bem bonito, mesmo pequeno, é pensar na harmonia do espaço e na disposição das plantas.

    Como organizar um jardim? A maneira mais fácil é a seguinte: coloque as plantas maiores no fundo, na parte de trás do jardim, geralmente mais perto da parede, da cerca ou do muro. E vá montando seu jardim seguindo uma escala de tamanho, das maiores para as menores. O interessante é que as plantas menores fiquem mais perto das áreas de circulação.

  6. Comprar móveis que resistam ao sol e chuva

    Os móveis também merecem atenção na hora de montar um jardim. Como a ideia é pensar na área externa, é fundamental investir em itens que resistam ao sol, chuva e às oscilações de tempo. As mesas e cadeiras de plásticos costuma ser opções mais baratas.

    Uma simples mesinha com duas cadeiras e uma lanterna decorativa já mudam completamente a relação da casa com o jardim, integrando os espaços. Se tiver uma área de leitura com uma ou mais cadeiras que resistem ao tempo você ganha em qualidade de vida. Se houver espaço para um redário, cuidado: você pode querer passar o dia inteiro no seu jardim!

    Aí, na área de circulação e que ficarão os móveis dá para colocar paletes. Aliás, há ótimas ideias de paletes para o jardim. Eles podem formar um canteiro de plantas, servir como mesa, prateleira, receber almofadas e se transformar em sofá. Esta é uma opção muito funcional.

    Step 6: Wood
  7. Fazer uma limpeza periódica e cuidar com carinho

    Cuide da limpeza do seu jardim externo. Limpe os vasos de plantas e limpe o piso com frequência a fim de evitar que os insetos invadam sua casa, principalmente no verão.

E na hora de plantar? Como preparar o solo?

A preparação do solo exige cuidados. Você mais precisa da pá para cavar, misturar a terra, areia e húmus, precisa do ancinho ou rastelo para fazer a manutenção, retirando as folhas que caem no solo.

Vale consultar um jardineiro experiente para dar dicas mais precisas sobre cada muda. Mas de modo geral, você pode pensar da seguinte forma para começar a preparação do solo do seu jardim:

  • Para preparar o solo para receber as mudas existe uma quantidade certa de terra vegetal, húmus de minhoca e areia grossa. Utiliza-se a areia para o solo deixar passar a água mais facilmente.

  • Se você quiser plantar uma horta, basicamente pode usar a mesma quantidade de terra vegetal, húmus e areia.

  • Plantas que vão ficar na sombra podem receber uma mistura de terra vegetal com 150g de húmus por vaso. O húmus é usado ao fazer a manutenção de dois em dois meses, fazendo a cobertura do vaso.

  • Os arbustos e árvores frutíferas podem receber uma mistura de terra vegetal e 200g de húmus em cada cova. Se fizer um canteiro, 500g de húmus de minhoca por metro quadrado é o suficiente.

  • Ao plantar grama, você pode utilizar 500g de húmus por metro quadrado misturado com a terra vegetal para preparar a base que vai recebê-la.

E como cuidar?

  • Plantas precisam de luz, água na medida e carinho. O regador vai ser usado para regar os vasos menores e a mangueira para regar as áreas maiores e as áreas de grama. As plantas não podem receber excesso de água, muito menos ficar secas demais.

  • Estabeleça um horário, mas prefira regar no começo do dia ou no fim do dia: o sol quente pode danificar suas plantas se você regar quando ele estiver forte.

  • As tesouras de poda ou podadores serão usadas para cortar excessos se a planta estiver crescendo muito ou mesmo para cuidar da forma e equilíbrio dos seus arbustos.

  • Quando cuidar de um jardim, cuide também de você mesmo. Isso significa sempre usar chapéu, de preferência com abas para a sua proteção, bem como luvas próprias de jardinagem e calçados apropriados.

Quais são as melhores plantas para jardim externo?

Diferentemente de um jardim interno, as plantas escolhidas para seu jardim externo podem receber mais sol e mais água. Geralmente opta-se por arbustos e folhagens para criar volume e espaços verdes, conjugados com flores que trazem cores.

Como montar um jardim vertical?

Os fundamentos para se criar um jardim vertical são os mesmos. Ornamental ou mesmo uma horta. O principal é a escolha do local e a incidência de luz, sol, vento ou chuva. Neste caso, você não vai poder contar com arbustos, palmeiras ou plantas maiores, mas pode abusar de trepadeiras, plantas que formam cachos e flores pendentes. A variedade é imensa!

Depois que seu jardim estiver pronto, pense em investir em algumas luzes para o seu jardim. São especiais porque podem receber sol e chuva e deixam seu jardim à noite bem aconchegante. Isso é sinônimo de qualidade de vida, afinal, quem não gosta de um ambiente tranquilo e gostoso? Aproveite!

Publicado originalmente