Unilever

Como escolher amaciante de roupa: veja os tipos

Descubra os diferentes tipos de amaciante de roupa e como usar cada tipo corretamente, prevenindo o desgaste dos tecidos.

Atualizado

Embalagem de amaciante em frente a cesto de vime e roupas dobradas

O amaciante de roupa pode ser um forte aliado no processo de lavagem e, por isso mesmo, saber escolher a opção ideal para cada item do vestuário é fundamental. Muitos podem pensar que o este produto serve apenas para perfumar e trazer um toque macio aos tecidos. Porém, com o produto certo, além desses benefícios, é possível também fazer com que suas peças preferidas se mantenham como novas por mais tempo. Mas como nem todos os produtos oferecem o mesmo tipo de cuidado, é importante prestar atenção na hora de escolher o melhor amaciante. Afinal, como saber qual é o mais adequado para o que você precisa? Qual é o melhor amaciante de roupas? Conheça as principais indicações de Cleanipedia para não errar na escolha:

Como é feito o amaciante de roupas? E como ele funciona?

O amaciante de roupa age nos tecidos de forma semelhante aos condicionadores de cabelo: os componentes com base oleosa cobrem as fibras do tecido, deixando-o mais macio. Essa camada protetora também deixa as peças mais fáceis para passar, reduz as chances de a roupa ficar amassada e previne danos futuros por evitar a formação de bolinhas, perda de forma e desgaste.

Como deixar o cheiro de amaciante nas roupas? É importante saber que a fragrância contida no amaciante adere ao tecido durante a lavagem, fazendo com que as roupas fiquem cheirosas mesmo depois de secas. Alguns tem até efeito desodorizador, que anula o mal-cheiro de suor e de cigarro, por exemplo.

Tipos de amaciante de roupa

Os amaciantes são normalmente vendidos em três formatos: diluído, concentrado ou em pastilhas. O mais comum é o diluído, por isso muitas pessoas o chamam de amaciante normal, enquanto as pastilhas são um formato mais recente. Descubra abaixo suas principais diferenças:

  • Diluído (ou normal): O diluído é o mais tradicional e é fácil de usar, pois ele já vem pronto. Contudo, uma desvantagem é o tamanho das embalagens que, por serem maiores, podem comprometer o espaço na lavanderia - além de serem mais pesadas e menos sustentáveis.

  • Concentrado: Rende o mesmo que os amaciantes diluídos, tendo também o mesmo efeito. A diferença está na quantidade de produto necessária, já que os amaciantes concentrados possuem menos água e mais substâncias ativas. Assim, têm a vantagem de virem em embalagens menores e ecologicamente mais sustentáveis.

  • Em pastilhas: A maior vantagem do amaciante em pastilhas é a praticidade. Ocupam menos espaço e não deixam manchas nas roupas, que normalmente são causadas por excesso de produto. A desvantagem da versão em pastilhas é ser um pouco mais cara do que as opções anteriores.

Além do formato, é possível encontrar outras diferenças entre amaciantes. Existem, por exemplo, inúmeras fragrâncias disponíveis, mas nesse caso a escolha é menos técnica, variando de acordo com o gosto pessoal.

Cuidado para não escolher uma fragrância muito intensa para as roupas do dia a dia, pois normalmente usamos também desodorante, hidratante, perfume e a mistura de cheiros pode incomodar.

Como escolher o tipo mais adequado?

Há tipos de amaciantes que são mais indicados para determinados tipos de peça, como roupas brancas e coloridas. Saiba mais sobre as situações mais específicas a seguir.

  1. Roupas de cama e banho

    O amaciante é fundamental para lavar roupas de cama e banho, afinal, não existe nada melhor do que a sensação de deitar em um lençol cheiroso ou de usar uma toalha bem macia! Amaciantes com óleos essenciais que hidratam profundamente as fibras do tecido são uma ideias para que as peças se conservem macias até a próxima lavagem, podendo ser usados em toalhas, lençóis, fronhas, cobertores, capas de sofá e até cortinas.

  2. Roupas do dia a dia

    As peças utilizadas no dia a dia, para trabalhar e estudar, por exemplo, tendem a desgastar mais  facilmente por terem um uso mais frequente. A dica para diminuir esse processo é usar um amaciante de roupa que faça as peças durarem mais. Fórmulas com óleos naturais, como óleo de argan, lubrificam e alinham as fibras do tecido durante a lavagem, prevenindo danos e mantendo as cores das suas roupas vibrantes por mais tempo.

  3. Roupas de bebê e roupas delicadas - amaciantes especiais:

    Lavar roupas de bebês precisa ser feito com bastante cuidado e carinho, por isso, usar um amaciante hipoalergênico é altamente recomendado nesses casos. Além de ser indicado para as roupas de bebês, os especialistas o consideram excelente, também, para tecidos mais delicados e roupas de pessoas com peles sensíveis.

  4. Roupas esportivas - amaciantes com agentes desodorantes ou com efeito anti-bacteriano:

    Quem é atleta ou tem um na família sabe como é difícil encontrar um amaciante de roupa adequado para peças de ginástica, uniformes esportivos, tecidos sintéticos etc. Primeiro, é importante lavar bem as peças para tirar o cheiro de suor, principalmente nas regiões que transpiram mais, como as axilas. E para complementar a lavagem, opte por amaciantes com efeito desodorizador, que vão deixar um cheirinho bom nas peças. Existem opções com cápsulas ativas que penetram na fibra do tecido e rompem com o movimento, liberando gradativamente a fragrância!

Cuidado com o tipo de tecido! Tecidos com princípios elásticos ou tecidos que possuem características de absorver e remover o suor do corpo - chamados tecidos tecnológicos - podem ser comprometidos com o uso de amaciante. Tecidos delicados também podem ser danificados, por isso vale checar sempre as indicações na etiqueta das peças antes de usar esse tipo de produto.

Erros comuns ao usar o amaciante

A utilização correta do amaciante de roupa faz a diferença nos resultados que são obtidos através deste produto. Por isso, o Cleanipedia lista aqui alguns erros comuns no uso de amaciante para te ajudar a tornar-se um expert!

  • Jogar amaciante diretamente sobre a roupa: Não se deve colocar amaciante diretamente sobre as roupas, pois o acúmulo de produto pode manchá-las. O amaciante de roupa deve ser adicionado no compartimento próprio indicado na máquina de lavar, pois as máquinas são programadas para automaticamente misturar o produto com a água antes de aplicá-lo nas roupas. E se for usar amaciante na lavagem à mão, lembre-se de diluí-lo na água antes do seu uso. Para tirar mancha de amaciante basta deixar as peças de molho por algumas horas em água fria e limpa, sem nenhum outro produto de limpeza. Depois, esfregue a área manchada com um sabão neutro e pronto, a mancha vai desaparecer.

  • Amaciante para toalhas: Como o amaciante envolve as fibras do tecido com uma camada oleosa ele pode causar uma certa resistência à absorção de água pelos tecidos. Por isso, o amaciante pode deixar as toalhas macias e fofinhas. Mas se usado em excesso, ele diminui a capacidade do tecido de enxugar. Preste atenção para manter suas toalhas, macias, cheirosas e funcionais.

  • Usar amaciante em excesso: Em excesso, o produto acelera o desgaste das fibras dos tecidos e faz com que as suas roupas percam a durabilidade. Por mais tentador que seja aumentar a quantidade de amaciante pensando na fragrância que vai ficar depois nas peças, resista.

  • Manter o mesmo tipo de amaciante para diferentes tipos de tecidos: Como vimos no começo deste artigo, existem diferentes tipos de amaciante de roupa que podem ser mais indicados para diferentes tipos de peças ou de tecidos. Usar um amaciante muito intenso em roupas de bebê, por exemplo, pode causar irritação e alergia na pele delicada da criança. A tecnologia nessa categoria de produto tem avançado muito e há uma variedade grande de opções com características bem específicas. Por isso, vale a pena investir naquele que se adeque melhor à sua necessidade.

Lavagem com menos agentes químicos

Estamos vivendo um importante movimento em prol do consumo mais consciente e equilibrado. Então, optar por roupas e produtos que causem menos impacto ao meio ambiente tem sido uma iniciativa adotada cada vez mais pelos consumidores. Pensando nisso, estão disponíveis no mercado amaciantes produzidos com menores quantidade de agentes químicos, sem corantes, com fragrância natural (sem perfume encapsulado), com ativos 100% biodegradáveis. Não podemos dizer que existe um amaciante de roupa melhor do que o outro. Para ter o melhor resultado e aproveitar todas as vantagens que esse produto pode oferecer, é fundamental usá-lo corretamente, de acordo com o mais indicado para cada tipo de peça e de tecido. Utilize-o sempre da forma recomendada na embalagem e respeite as indicações de temperatura da água e de ciclo na máquina de lavar. Usando o amaciante certo você mantém suas peças como novas por mais tempo, além de manter as roupas cheirosas mesmo depois de guardadas.

Publicado originalmente