Tem dúvidas de como organizar mudança? Mudar de casa exige organização e planejamento. Ter paciência e o apoio de todos os moradores são requisitos fundamentais. Esse momento, que é especial e importante para toda a família, pode sim acontecer de uma forma tranquila e sem muita dor de cabeça. Confira as dicas do Cleanipedia para deixar tudo em ordem e não se esquecer de nada!

Como organizar sua mudança passo a passo?

Antes de começar, faça uma lista com todos os seus pertences mais importantes, separados por cômodo. Cheque na saída e depois na chegada ao novo lar. Essa etapa pode até dar um pouco de trabalho, mas assim você pode garantir que não vai deixar nada para trás.

1. Desapegue

Nas semanas que antecedem a mudança, dê uma geral na casa e livre-se da bagunça. Pegue todos os itens e as roupas guardados nos armários e faça uma triagem. Roupas sem uso e objetos de cozinha que você nem lembra para que servem podem ser doados para liberar espaço. Isso vai te ajudar a selecionar melhor o que você realmente vai usar na casa nova.

Como você sabe se as superfícies da cozinha e do banheiro foram desinfetadas?

A dica é separar tudo por categoria. Coloque em caixas o que irá para venda, o que irá para doação e assim por diante. Para facilitar, cole etiquetas nas caixas e, por fim, dê a elas o destino desejado.

Mulher guardando roupas em caixa de papelão

2. Decida o transporte

Defina previamente como fará sua mudança! Isso vai determinar muita coisa, inclusive, se você precisará ou não empacotar seus próprios móveis. Algumas transportadoras encaixotam todos os objetos para você.

No entanto, esse serviço é um pouco mais caro. Se a ideia for economizar, você pode juntar a família e fazer toda essa parte antecipadamente. Dá para pegar caixas de papelão gratuitamente em lojas grandes, supermercados ou locais de reciclagem.

Caixas de papelão dentro do carro para mudança

3. Limpe os objetos antes de guardar

Isso também vale para roupas, casacos e até edredons. Se você já levar tudo limpo, quando desfizer a mudança na nova casa não vai precisar sair lavando tudo antes de guardar. Além de agilizar o seu processo de mudança, isso vai te cansar menos depois.

Edredom limpo e enrolado para ser guardado

4. Coloque etiquetas e identifique bem o que está em cada caixa

Se você optou por cuidar de tudo, comece separando uma caixa para cada cômodo. Com a ajuda de uma caneta grossa ou com etiquetas autocolantes, identifique quais objetos estão sendo guardados em cada caixa. Assim, fica muito mais fácil encontrar os objetos de acordo com as suas necessidades na hora de desempacotar.

Mulher fechando caixa de papelão com fita adesiva

5. Cuidado, frágil!

Objetos frágeis como taças, louças, vidros e cristais devem ser embalados em jornais ou plástico bolha antes de serem guardados nas caixas. Outra boa opção é usar panos de pratos e toalhas entre um objeto e o outro. Assim você evita o atrito e, consequentemente, a quebra.

Ao empilhar caixas, lembre-se de colocar os objetos mais pesados na parte de baixo do caminhão. Também é importante escrever a palavra “frágil” em todos os pacotes e caixas com itens delicados.

Pratos de louça e plástico bolha em caixa de papelão

6. Sacos de lixo são uma ótima alternativa

Você não precisa usar caixas de papelão para tudo. Sacos de lixo grandes são uma forma simples e rápida de embalar objetos leves e volumosos como travesseiros, bichos de pelúcia, almofadas e roupa de cama. Eles são fáceis de carregar, além de um ser bom quebra-galho se faltarem caixas na última hora.

Homem segurando um saco de lixo fechado

7. Desligue os eletrodomésticos com antecedência

Desligue a geladeira e freezer. Deixe as portas abertas um tempo, para arejar e descongelar. Depois passe um pano limpo para secar o interior totalmente. Isso evita o mofo em seus eletrodomésticos. Embale as prateleiras e outras peças com cuidado para não sofrerem avarias durante a mudança.

Na noite anterior, desligue da tomada todos os aparelhos eletrônicos. Alguns aparelhos aquecem quando estão em uso e assim eles vão estar em temperatura ambiente no dia da mudança. Antes de guardar os aparelhos, tire uma foto dos fios conectados à ele para saber depois a ordem de todos. São tantos fios que podemos acabamos nos confundindo na hora de montar novamente.

Geladeira vazia e limpa

8. Solicite a alteração de endereço

Lembre-se de solicitar o desligamento e transferência da TV a cabo, do telefone e da internet, para não correr o risco de ficar sem esses serviços tão importantes hoje em dia.

Altere também o endereço de correspondência no banco, plano de saúde e assinaturas de revistas e jornais, para que cheguem ao local certo. Pagar multa porque a conta não chegou ao destino na data é um desperdício de dinheiro que ninguém quer ter.

Homem segurando envelopes de correspondência

Como organizar de forma rápida a minha mudança?

  • Faça uma lista: Mudar de casa é algo que requer muito mais planejamento e organização do que outras atividades cotidianas. Por isso uma lista é imprescindível para não esquecermos de todos os passos que precisamos cumprir para que a mudança seja um sucesso. Você também pode organizar uma linha do tempo para dividir o que precisa ser feito por data, já que algumas coisas podem ser organizadas com mais antecedência e outras tem mesmo que ser feitas no dia.

  • Defina as responsabilidades de cada membro da família: Se necessário, busque ajuda de amigos ou de sua diarista. Ao final da mudança, você pode dar uma gratificação à eles, como um móvel que não será mais usado ou um eletrodoméstico. Caso não haja, ofereça um jantar quando a nova casa estiver organizada. É sempre bom agradecer quem nos ajuda, mesmo que com pequenos gestos.

  • Embale com antecedência: Para evitar estresse e esquecer algumas coisas importantes, comece a embalar seus objetos algumas semanas antes do grande dia. Monte as caixas e comece a embalar as coisas que você não usa com muita frequência. Outro item que pode ser embalado e encaixotado com antecedência são os objetos de decoração.

  • Separe coisas importantes e de valor: Jóias, passaportes, documentos, dinheiro e etc, tudo deve ser levado com você para evitar transtornos. Coloque em uma caixa separada, escreva “levar no carro” e no dia, leve você mesmo.

Como organizar as roupas para mudança?

As roupas podem ser colocadas em malas de viagem, para serem transportadas em seu carro. Isso deixará mais espaço no caminhão para colocar as coisas que são realmente necessárias, como eletrodomésticos e o mobiliário.

Como encaixotar as coisas para mudança?

Primeiro faça uma lista e providencie o material que irá precisar para embalar e encaixotar a mudança. Pense nas coisas que você vai levar para saber a quantidade de caixas que irá necessitar, e os tamanhos. Como já dissemos, você pode ir buscar caixas de papelão em supermercados ou lojas.

Além das caixas, é necessário comprar fita adesiva para fechá-las. Você pode também precisar de embalagens especiais para aqueles objetos mais frágeis. Uma boa ideia é comprar um rolo de plástico bolha ou papel kraft. Para economizar, você pode usar jornais para embalar objetos como louças, vasos, quadros, etc.

Para montar as caixas, siga esses passos:

  1. Vire a caixa de cabeça para baixo;

  2. Feche as abas do fundo da caixa;

  3. Passe fita adesiva no meio da caixa, lacrando as abas;

  4. Passe também uma faixa de fita adesiva no sentido perpendicular, cruzando a fita passada anteriormente;

  5. Se for transportar coisas pesadas, reforce a vedação com dupla camada de fita adesiva.

Distribua o peso na hora de guardar suas coisas. Coloque os itens pesados, como livros, no fundo das caixas maiores ou em caixas menores. Depois complemente o espaço vazio com itens mais leves. Caixas pesadas demais vão dar mais trabalho na hora de carregar, além de haver mais chance de desmontar.

E na hora de etiquetar e identificar os objetos guardados:

  • Coloque o nome do ambiente e uma descrição do conteúdo guardado. Isso vai facilitar a organização na hora de desencaixotar.

  • Uma boa maneira de organizar fios, cabos e tudo mais (além de evitar aquele enrosco todo que só acontece quando cabos se encontram), é aproveitando os rolos de papel higiênico. Basta escrever do lado de fora de cada rolinho de onde é e para que serve cada fio. Isso com certeza vai te poupar horas de tentativa e erro.

Como organizar mudança com crianças?

As crianças normalmente estranham as grandes mudanças na sua rotina e no seu ambiente. Uma mudança de casa é uma mudança colossal para os pequenos. Assim, o mais indicado é que aconteça da forma mais tranquila e natural possível, para os pequenos não sofrerem muito.

  1. Faça o possível para levar as crianças para conhecer o novo local antes de vocês mudarem-se para lá. Explique que esse local será a nova casinha da família e tente mostrar os pontos positivos da casa, isso vai ajudar na transição.

  2. Outra dica pra quem tem filhos é pedir a algum familiar ou amigo próximo para ficar com as crianças no dia da mudança. Mas tem que ser alguém com o qual as crianças já tenham bastante intimidade e estejam acostumadas. Essa dica se deve a dois principais motivos: primeiro porque a criança se incomoda em ver as coisas da casa todas bagunçadas e acaba se estressando. E o segundo motivo é que mudança gera sujeira e pó e isso não é bom para crianças, principalmente as alérgicas.

  3. Quando organizar as coisas na casa nova, dê prioridade aos ambientes que as crianças frequentam mais (como o quarto delas e a sala). Assim, se não der tempo de colocar tudo no lugar antes dos pequenos chegarem para conhecer o novo lar, pelo menos os espaços que eles mais aproveitam estarão ajeitadinhos.

  4. Tente fazer com que o novo quarto das crianças lembre o antigo. Faça o possível para deixar os móveis na mesma disposição, para elas que elas estranhem menos. Caso opte por uma decoração nova, utilize alguns objetos aos quais a criança é mais apegada, para ela se sentir mais segura.

  5. Na primeira vez que as crianças entrarem na casa nova faça um tour e apresente todos os cômodos para elas. Se a casa já estiver arrumada, pergunte a opinião delas sobre o ambiente. Crianças gostam de se sentir incluídas.

  6. E para terminar, a dica de ouro é: muito diálogo e paciência. Mudança não é algo fácil. Principalmente para crianças menores. Apesar delas se adaptarem mais fácil do que a gente imagina, no início elas estranham. Por isso, podem passar a ter comportamentos que não tinham antes, como demorar mais tempo para pegar no sono, não querer ficar no quarto, ou acordar no meio da noite. O diálogo é importante para explicar as novidades que estão acontecendo, para que a criança fique mais tranquila quando um momento de insegurança bater.

Dicas para quem mora em imóvel alugado

Quando você desocupa um local alugado, as instalações provavelmente vão ser avaliadas pela imobiliária ou pelo dono. Isso acontece para garantir que estejam limpas e em condições de receber o próximo inquilino. Por isso, certifique-se de que a propriedade esteja arejada e limpa. Isso é fundamental para recuperar seu depósito. Se o proprietário tiver que organizar uma limpeza adicional ou pequenos ajustes, o custo pode ser deduzido do seu depósito.

Lista de verificação de limpeza geral

Antes de sair, certifique-se de que essas áreas estejam caprichadas:

  • A porta da frente

  • Todos os aparelhos e eletrodomésticos (por fora e por dentro!)

  • A geladeira: descarte tudo que ainda estiver ficado dentro e descongele o freezer

  • Torneiras e azulejos nos banheiros e cozinha: remova o calcário e lustre os metais

  • Chuveiros: remova resíduos e calcário

  • Pisos, carpetes e tapetes

  • Cantos do teto, forros e acessórios de iluminação: Verifique se estão livres de pó e teias de aranha

  • Armários: Esvazie e limpe-os

  • Paredes e rodapés

Além disso, marcas de sujeira nas paredes podem fazer com que um espaço limpo pareça sujo e anti-higiênico. Por isso, se você mora em um apartamento ou casa alugada, o ideal é ir limpando e mantendo diariamente.

Manchas: Vinho tinto, café ou curry derramados em tapetes, estofados, cortinas ou panos devem ser limpos no momento em que o acidente acontece. As manchas podem variar muito. Se não souber como proceder, comece passando um pano limpo umedecido em água fria. A água quente pode fixar ainda mais manchas contendo proteínas, como de sangue.

A cozinha: Esta é uma área importante em qualquer casa e pode exigir um esforço extra para remover todos os vestígios de gordura. Para garantir que a cozinha esteja limpa o suficiente, lembre-se de:

  • Desengordurar os exaustores e substituir os filtros;

  • Esfregar os suportes para panelas na placa do cooktop (se tiver um);

  • Assegurar-se de que as portas do forno estejam limpas, que as lâmpadas interiores funcionem e que as bandejas ou prateleiras estejam brilhando;

  • Remover todos os vestígios de comida do frigorífico e lavar as prateleiras, gavetas de verduras e todas as partes removíveis;

  • Esvazie e desligue a geladeira para descongelar o freezer. Certifique-se de que as prateleiras estejam limpas e de que todo o gelo seja removido.

O banheiro: Todos os vestígios de calcário, mofo ou bolor devem ser removidos.

  • Lustre todas as superfícies, incluindo as portas de vidro do box e os espelhos;

  • Remova a incrustação de calcário e quaisquer manchas nos metais da pia e no chuveiro;

  • Limpe o vaso sanitário;

  • Esfregue a banheira, se houver;

  • Verifique nos drenos e ralos se há cabelos ou outros detritos e retire-os;

  • Elimine todos os frascos de xampu, produtos de higiene pessoal e outros itens pessoais.

Para finalizar, remova todos os pertences pessoais e coloque o lixo em sacos e descarte-os. É uma boa ideia tirar fotos dos cômodos, depois tudo estiver limpo, claro! As fotos podem servir como boas referências caso ocorram controvérsias na hora de entregar as chaves.

Dicas de organização na casa nova

Faxina pré-mudança: Ao se mudar para uma casa ou apartamento novo, é importante sentir-se bem acolhido no novo lar. Sentir mesmo que ali é sua casa. Isso implica remover as marcas deixadas pelos antigos moradores. Por isso, é importante fazer uma limpeza na casa nova antes de mudar.

Confira as medidas: Use uma fita métrica para decidir quais móveis vão para a casa nova e quais serão doados. Se for possível, meça os cômodos da casa nova e também os móveis que pretende levar. O ideal é já fazer um esboço da planta, com a definição de onde vai ficar cada item. Não precisa imaginar em detalhes a decoração, mas as medidas exatas vão te ajudar a entender o que cabe ou não. E lembre-se de medir a porta da nova residência, assim você já sabe se todos os seus móveis passarão por ela. Ou se vão precisar ser içados pela janela como alternativa.

Organização na casa nova requer prioridades: Ao chegar na casa nova, priorize os objetos que você usa diariamente. Itens básicos como os de cozinha e banheiro devem ser desembalados primeiro. Se você for dormir na nova casa já na primeira noite, vai precisar de lençóis, cobertas e travesseiros, além de algumas peças de roupa para o dia seguinte. Uma boa ideia para esses casos é colocar esses itens de cama e roupa em um saco de lixo grande, para ficar mais fácil na hora de desembalar e arrumar no seu novo lar.

Um dia de cada vez: É muito provável que você demore alguns dias para organizar tudo em seus devidos lugares. Deixe a ansiedade de lado e saiba que isso é perfeitamente normal numa mudança. Não adianta querer tirar tudo das caixas no primeiro dia. Se você não puder guardar imediatamente, as coisas fora das caixas vão ocupar ainda mais espaço e dar uma sensação de bagunça. Respire e vá aos poucos, com calma tudo vai se organizando.