Como escovar os dentes corretamente e melhorar sua higiene bucal

Conheça o passo a passo para uma higiene bucal perfeita

Atualizado

Como escovar os dentes corretamente

Escovar os dentes é o tipo de atividade que a gente acha que já nasceu sabendo como fazer, não é? Mas será que você sabe mesmo como escovar os dentes corretamente? Mais do que um recurso para manter o sorriso bonito, uma boa higiene bucal é fundamental para a saúde de todo o corpo. 

Como você verá a seguir, as consequências de uma higiene bucal deficiente podem ir muito além dos dentes amarelados e do temido mau hálito. 

Desde como escolher a escova ideal, até a maneira correta de usar o fio dental, nosso guia vai tirar todas as suas dúvidas e te ensinar tudo o que você precisa saber para evitar os erros mais comuns quando se trata de saúde bucal.

Como escovar os dentes corretamente

Antes de partirmos para a técnica de escovação, é preciso saber que ferramentas usar. 

Como escolher a escova de dentes e o creme dental

Apesar da variedade de modelos disponíveis, uma escova simples pode fazer muito bem a higiene bucal. Escolha uma escova com cerdas macias e cabeça pequena. Isso permitirá fazer a limpeza até dos menores espaços. O uso de escovas elétricas não é proibido, mas deve ser liberado pelo seu dentista, ok? Quanto ao creme dental, apesar da infinidade de opções, o mais importante mesmo é que o produto escolhido contenha flúor. 

É necessário enxaguar a boca depois de escovar os dentes?

Sim. Logo após a escovação o ideal enxaguar a boca duas vezes. Primeiro faça o enxágue apenas com água para remover a espuma e os restos de creme dental. Depois, faça o enxágue com o enxaguante bucal de sua preferência, optando sempre por um produto que não tenha álcool em sua composição.

O passo a passo da escovação

  1. Molhe a escova com um pouco de água e aplique sobre as cerdas uma pequena quantidade de creme dental. Uma bolinha do tamanho de uma ervilha é o suficiente;
  2. Comece escovando os dentes da frente, fazendo movimentos de cima para baixo (nunca de um lado para o outro);
  3. Em seguida, escove os dentes molares, fazendo movimento circulares e garantindo que todo o processo dure, no mínimo, 2 minutos;
  4. Depois de escovar os dentes, lembre-se de escovar bem a língua;
  5. Ao terminar, enxágue a boca com água e finalize com um enxaguante bucal livre de álcool.

Quantas vezes ao dia é preciso escovar os dentes

É essencial escovar os dentes pelo menos 3 vezes ao dia: ao acordar, após as refeições e antes de dormir. Aliás, fazer uma boa escovação antes de dormir é fundamental para a saúde bucal, porque evita a proliferação de tártaro e bactérias enquanto dormimos.

Como usar o fio dental

O fio dental é parte fundamental da higiene bucal, porque limpa os espaços entre os dentes, evitando a formação de placa bacteriana em locais onde a escova não alcança. Escolha o fio dental de sua preferência e seguia os seguintes passos:

  1. Corte um pedaço de aproximadamente 20 cm de fio dental, enrolando as extremidades nos dedos médios de cada mão;
  2. Fazendo movimentos leves, para cima e para baixo, passe a parte do fio que ficou esticada por entre os dentes, dando especial atenção à região do dente que fica em contato com a gengiva;
  3. Puxe o fio horizontalmente quando quiser removê-lo do espaço entre os dentes;
  4. Caso você faça uso de aparelho ortodôntico, converse com seu dentista sobre acessórios que podem facilitar esse processo de limpeza, sem danificar os bráquetes.

Mais dicas para cuidar da sua saúde bucal

  • Troque a sua escova de dentes a cada 2 ou 3 meses;

  • Para evitar bactérias ou cáries, diminua o consumo de alimentos com muito açúcar;

  • Tenha o hábito de beber bastante água durante o dia. Isso estimula a produção de saliva e evita o acúmulo de bactérias;

  • Nunca, em hipótese alguma, compartilhe sua escova de dentes com outra pessoa;

  • Na hora de guardar a escova de dentes no banheiro, coloque a parte das cerdas para cima;

  • As escovas que ficam guardadas em bolsas ou necessaires devem ter capinha de proteção.

Consequências da má higiene bucal

Manter bons hábitos de higiene pessoal é fundamental para a saúde de todo o organismo, e uma higiene bucal deficiente pode acarretar problemas mais sérios do que se imagina. 

Mau Hálito

Não escovar os dentes ou a falta do uso regular do fio dental, faz com que placas bacterianas se acumulem na boca. Essas placas têm um cheiro desagradável, e são as principais responsáveis pelo temido mau hálito. Além causar problemas sociais, como nos relacionamentos ou no trabalho, o mau hálito é algo que deve ser levado a sério porque pode indicar que algo mais não vai bem no nosso organismo. O mau odor bucal persistente pode ser sintoma da presença de infecções mais graves em nosso corpo, e deve ser sempre ser avaliado por um dentista ou por um médico.

Cáries

Muita gente sabe que falta de escovação causa cárie, mas nem todo mundo dá a devida importância quando esses pontinhos escuros surgem sobre os dentes. As cáries devem ser tratadas sempre com rapidez para evitar que o problema atinja a porção mais profunda do dente, quando se torna necessário o famoso tratamento de canal. Além do fato de que os tratamentos de canal costumam ser bastante caros e desagradáveis, uma boca cheia de bactérias pode ser o primeiro passo para o aparecimento de outros problemas de saúde. 

Gengivite e Periodontite

Responsável pelas cáries e pelo mau hálito, a placa bacteriana é também a culpada pelo aparecimento de problemas nas gengivas. Quando a higiene deixa a desejar, a placa que se instala na cavidade bucal pode acometer as mucosas, causando uma inflamação conhecida como Gengivite, cujos principais sintomas são a vermelhidão, inchaço, dores e até o sangramento gengival. A Gengivite, quando não tratada, tende a evoluir para um quadro mais sério que chamamos de Periodontite. Essa é caracterizada pela inflamação nos tecidos, ligamentos e ossos que sustentam os dentes, e pode levar à graves complicações, incluindo a perda dos dentes.

Endocardite

Endocardite é uma doença que provoca a inflamação da membrana que reveste a “parede” do coração, e é causada por bactérias presentes no corpo que acabam caindo na corrente sanguínea. Mas, o que isso tem a ver com higiene bucal? Tudo! Acontece que boa parte das endocardites são provocadas por bactérias provenientes da boca. Aquelas bactérias que se acumulam quando não realizamos uma higiene bucal adequada, além dos diversos problemas que mencionamos, podem causar problemas cardíacos. Então, não faltam motivos para levarmos a nossa saúde bucal a sério, certo? 

Higiene bucal com aparelho ortodôntico

As pessoas que usam aparelho ortodôntico precisam ter ainda mais cuidado na hora de fazer a higiene bucal, porque os aparelhos costumam acumular sujeira com mais facilidade.

De uma forma geral, os hábitos de higiene de quem usa aparelho devem ser basicamente os mesmos de quem não usa, com algumas pequenas diferenças que iremos detalhar a seguir.

Escovar os dentes com aparelho: que tipo de escova usar?

Quem usa aparelho fixo precisa de mais de uma escova de dentes. A primeira delas é a comum, mas precisa ter cerdas muito macias. A outra é a escova interdental, que tem um formato cilíndrico e ajuda a fazer a higienização daquele espacinho entre o dente e o aparelho.

O fio dental é o grande aliado de quem usa aparelho, porque ele serve para limpar entre os dentes, mas também para fazer a limpeza dos bráquetes.

Como escovar os dentes com aparelho

Quem usa aparelho ortodôntico precisa ter cuidado redobrado na hora de fazer a higiene bucal. Veja o passo a passo.

  1. Se o seu aparelho tiver alguma parte removível, retire-a na hora de escovar os dentes;
  2. Faça a escovação na horizontal. Posicione a escova bem perto da gengiva e do aparelho e vá fazendo movimento circulares;
  3. Em seguida, posicione a escova na vertical e vá fazendo movimentos suaves de cima para baixo, tomando cuidado para não forçar o aparelho ou machucar a gengiva;
  4. Depois, utilize uma escova interdental para limpar o espaço que fica entre os dentes e os bráquetes;
  5. Por último, escove normalmente a parte de trás dos dentes e a língua;
  6. Finalize enxaguando primeiro com água e depois com o enxaguante bucal.

Dicas extras para quem usa aparelho ortodôntico

  • Fique atento à alimentação, sobretudo se você estiver na rua e não puder escovar os dentes. Alguns alimentos grudam mais no aparelho do que outros, e podem te deixar numa situação constrangedora;

  • Mantenha um kit de higiene na bolsa ou no carro, para fazer a limpeza sempre que precisar;

  • Guarde os aparelhos móveis num local adequado, de preferência na caixinha que você recebeu do dentista;

  • Evite faltar às consultas de manutenção marcadas pelo seu dentista, que são fundamentais para que o tratamento ortodôntico dê bons resultados. 

Agora que você já sabe tudo sobre saúde bucal, é só incluir as nossas dicas na sua rotina de higiene para manter o sorriso bonito e a saúde sempre em dia.

Publicado originalmente