Como evitar acidentes em casa

Descubra quais são os acidentes domésticos mais comuns e como evitar acidentes em casa para manter sua família segura. Leia mais na Cleanipedia!

Atualizado

Quarto infantil organizado para evitar acidentes

A nossa casa costuma ser o lugar onde nos sentimos mais seguros e à vontade. Entretanto, algumas situações domésticas e objetos podem oferecer riscos à segurança da sua família, especialmente em lares com crianças e idosos. Saber como evitar acidentes é fundamental para proteger todos e garantir que a sua casa seja realmente o refúgio seguro que você imagina.

Neste artigo vamos ajudar na prevenção de acidentes em casa, com dicas de como tornar cada ambiente mais seguro e como evitar os tipos de acidentes domésticos mais frequentes.

Especialmente durante as férias, as crianças passam mais tempo explorando os arredores da casa e se tornam mais suscetíveis a alguns perigos. Identificar as áreas de risco é importante para evitar que acidentes aconteçam. Tente realizar esse exercício com frequência – tanto fora quanto dentro de casa.

Como evitar acidentes domésticos

Banheiro: invista em pisos com materiais antiderrapantes para evitar escorregões. Esvazie a banheira imediatamente após o uso e tome cuidado com a temperatura da água no banho dos bebês. Mantenha produtos de higiene, elétricos e materiais cortantes em um armário fechado longe do alcance das crianças. Se você tem idosos em casa, barras de apoio na área do chuveiro e do vaso sanitário também são importantes.

Cozinha: guarde facas e objetos pontiagudos fora do alcance das crianças. Verifique se as bocas do fogão foram fechadas totalmente após o uso. Mantenha os cabos das panelas para dentro quando estiver cozinhando e se desfaça de panelas com cabos frouxos. Se possível, mantenha o botijão de gás fora da cozinha e não deixe eletrodomésticos ligados na tomada permanentemente. Não coloque papéis metálicos ou louças com pinturas metálicas dentro do microondas.

Lavanderia: mantenha o lixo bem fechado e não deixe sacos plásticos no alcance das crianças. Guarde os produtos de limpeza em um lugar apropriado e mantenha-os sempre nas suas embalagens originais. Se tiver crianças pequenas em casa, evite deixar baldes com água para evitar afogamentos.

Quarto e sala: procure dar preferência a móveis com quinas arredondadas e use protetores para evitar batidas. Mantenha os brinquedos das crianças guardados quando elas não estiverem brincando, especialmente os que contêm peças pequenas.

Tomadas e fios: procure dificultar ao máximo o acesso das crianças a fios e tomadas. Certifique-se de que todas as tomadas na sua casa têm ligação terra, e instale protetores para evitar choques. Fique atento ainda ao uso de extensões para não sobrecarregar a tomada.

Janelas e sacadas: não coloque móveis embaixo das janelas e deixe-as fechadas, de preferência com travas. Se possível, instale grades e telas de proteção, e no caso de rachaduras ou vidros quebrados, troque-os com urgência.

Escadas, pisos e tapetes: evite deixar o chão molhado e opte por tapetes antiderrapantes para evitar escorregões. Objetos jogados e tacos soltos também oferecem riscos e devem ser evitados. Nas escadas, instale corrimões nos dois lados e faixas antiderrapantes nos degraus. Se tiver crianças pequenas em casa, coloque portões no topo e no pé das escadas.

Acidentes domésticos mais comuns

A prevenção é a melhor maneira de evitar acidentes em casa, e para tornar o seu lar um ambiente seguro, é importante conhecer quais são os acidentes domésticos mais comuns. Confira a seguir os três tipos de acidentes domésticos mais frequentes para evitar que eles coloquem a sua família em risco:

Quedas: estão entre os acidentes mais comuns. Embora não pareçam muito perigosos, escorregões e quedas podem ser extremamente grave para crianças e idosos. Por isso, certifique-se que as suas escadas e janelas estão bem protegidas, não deixe objetos jogados no chão e muito cuidado com tapetes escorregadios. Lajes e sacadas não são locais apropriados para brincadeiras. Sempre que possível ensine as crianças a brincar com segurança.

Intoxicação: as crianças são as principais vítimas nos casos de intoxicação. Para evitar que este tipo de acidente ocorra, mantenha medicamentos, produtos de limpeza e materiais de higiene em locais altos ou trancados, totalmente fora do alcance dos pequenos. Não reutilize embalagens e não guarde nenhum produto de limpeza em recipientes sem marcação para que não sejam ingeridos por acidente. Evite ainda tomar remédios no escuro ou em frente às crianças.

Incêndio: esse tipo de acidente é extremamente perigoso a todos os membros da sua família. Considere instalar detectores de fumaça pela casa, pelo menos um em cada piso, e tenha um plano de fuga no caso de alguma fatalidade. Mantenha fósforos, isqueiros e produtos inflamáveis fora do alcance das crianças e realize vistorias elétricas com frequência.

Piscinas e poços podem ser perigosos se precauções não forem tomadas. Mantenha o acesso a estes locais restrito com portas ou telas de proteção, e não deixe as crianças brincando sozinhas próximas a eles. Quando brincando na água, mesmo acompanhadas, garanta que as crianças estejam usando coletes ou boias de braço.

Publicado originalmente