Como fazer mudança: um guia prático para você se organizar

Vai mudar de casa mas está perdido sem saber por onde começar? Então confira nosso guia e saiba como organizar sua mudança de forma prática e sem stress.

Atualizado

Caixas plasticas organizadoras com objetos coloridos

Limpar duas casas diferentes, alugar um serviço de mudança, empacotar e desempacotar tudo logo em seguida… Trabalhos como preparar uma mudança de residência requerem bastante esforço, e por esse mesmo motivo a maioria de nós os postergam o máximo possível. Mas as coisas não precisam ser assim!

Pouca gente sabe como organizar uma mudança corretamente e quando chega a hora é uma bagunça que não tem tamanho. Com as dicas de mudança que nós vamos dar você aprenderá como fazer uma mudança do jeito mais rápido, prático e organizado.

Aproveite que a casa nova está vazia e faça uma limpeza profunda com produtos práticos como Vim Cloro Gel, que já limpa, acaba com os germes e perfuma, tudo de uma vez!

Guia de mudanças: como organizar uma mudança rápida

  • Como fazer uma mudança começa com a contratação de um serviço específico, tenha certeza de que seja um especializado no assunto e assegure se de que o prestador de serviço irá até a sua residência para verificar a quantidade de objetos que serão movidos a fim de providenciar um caminhão apropriado.
  • Se você mora em prédio ou em condomínio fechado, se atente ao horário e dia que você pretende se mudar, pois alguns locais só autorizam mudanças em determinados dias da semana e/ou dentro de uma faixa de horário específica. Essa regra se aplica tanto ao local de partida quanto ao de destino, portanto você deve verificar com ambas as administrações.
  • Outra dica de mudança muito importante são as caixas que serão utilizadas para empacotar os seus pertences, as quais podem ser adquiridas em supermercados gratuitamente. Pegue caixas de diversos tamanhos e formatos. Providencie plástico bolha para os aparelhos eletrônicos e objetos mais delicados.
  • Para já agilizar as coisas quando chegar na casa nova, procure ir um dia antes e deixar tudo limpo, mesmo que a casa seja nova, pois sempre fica uma poeira e resíduos de construção. Se a casa já tiver sido ocupada, é melhor garantir que tudo esteja limpinho e desinfetado. Já imaginou ter que passar aspirador ou pano em meio à bagunça de caixas e móveis espalhados?
  • Também aproveite essa oportunidade para fazer uma limpa nos armários e só levar para a casa nova aquilo que realmente for necessário.

Como organizar a mudança passo a passo

  1. O primeiro passo de como preparar uma mudança de residência consiste em separar tudo por ambiente. Somente depois de escolhido o cômodo é que você deverá começar a guardar os objetos nas caixas.
  2. Numere as caixas e faça uma lista com tudo o que tem dentro delas, ou o tipo de objetos guardados, por exemplo: “Cozinha-copos”, “Sala de TV - DVDs” etc. Colocando a maior quantidade de coisas dentro de uma caixa só você economiza espaço e consequentemente poderá alugar um caminhão menor e mais barato, tendo assim uma mudança mais econômica.
  3. Depois de guardar tudo, posicione os móveis na ordem em que eles serão removidos: sempre do maior para o menor e não se esqueça de identificar as caixas com o nome do cômodo a que elas pertencem.
  4. Por fim, decida por qual ambiente vai começar a carregar o caminhão. Tenha em mente que essa ordem será a inversa do que será descarregado no destino. Portanto, se você quer começar organizando sua nova casa pelos móveis da cozinha, os objetos esse cômodo deverão ser os últimos a ser carregados da residência antiga.

Agora que já conhece todos os truques de como organizar uma mudança, preparar sua próxima mudança de residência vai ser bem fácil!

Dicas importantes:

  • Utilize jornal para embalar copos, taças e objetos de vidro. Basta preencher totalmente por dentro e depois enrolar uma quantidade significativa por fora.
  • Quando você for empacotar seus pertences, não se esqueça de deixar os objetos mais pesados por baixo, deixar os mais delicados juntos e marcar as caixas como “Frágil”.

Publicado originalmente