Unilever

Como proteger as pessoas mais velhas da propagação de vírus

Dicas e cuidados higiênicos para ajudar a manter os idosos seguros durante a pandemia de coronavírus.

Atualizado

Duas pessoas mais velhas de mãos dadas

A prevenção de coronavírus é ainda mais importante quando se trata da população idosa, pois este é um dos grupos que apresentam maior risco. Sejam parentes mais velhos, amigos ou vizinhos, todos temos um papel a desempenhar para ajudar a mantê-los seguros e saudáveis. Aqui estão seis dicas valiosas sobre como proteger as pessoas mais velhas do coronavírus.

1. Proteja-se do COVID-19

Antes de entrar em contato com pessoas idosas, você deve seguir alguns cuidados higiênicos essenciais. Um dos principais conselhos dado pelo Ministério da Saúde é lavar as mãos com frequência. Use bastante água e sabão por pelo menos 20 segundos de cada vez. Caso não seja possível lavar as mãos naquele momento, você também pode recorrer ao álcool em gel. Se você tossir ou espirrar, use lenços de papel e descarte-os imediatamente em uma lixeira ou cubra o nariz e a boca usando o seu braço. Por mais difícil que seja, evite tocar seu rosto, pois essa é uma maneira fácil de se infectar - ter um álcool gel sempre em mãos é uma ótima dica nesse caso. Incentive seus amigos e familiares a iniciar uma rotina de higiene como medida de prevenção de coronavírus.

2. Certifique-se das necessidades básicas

O vírus em pessoas mais velhas pode ser muito perigoso, então elas devem ficar longe de multidões e precisam que suas necessidades básicas estejam sempre atendidas. Certifique-se que os idosos de seu convívio tenham todos os suprimentos de higiene e alimentos necessários para pelo menos duas semanas. Você também pode procurar formas de entrega de alimentos e ajudar a organizar pedidos on-line. Não se esqueça de verificar se eles têm um bom estoque de todos os medicamentos necessários ou se precisam de novas prescrições. Tenha um plano B caso você ou outros prestadores de cuidados adoeçam e não possam ajudar - por exemplo, verifique se há um vizinho confiável a quem você possa recorrer.

3. Limite as visitas

Uma outra dica essencial de como proteger os mais velhos é reduzir a interação social o máximo possível. Se você acha que pode ter sido exposto ao coronavírus ou está apresentando sintomas, também deve se manter distante. Caso você esteja doente e more com uma pessoa idosa, tente encontrar um lugar para ela viver por pelo menos 14 dias. Por mais difícil que seja, mesmo se você estiver saudável, tente limitar as visitas apenas a fins essenciais. Quanto menos você expor os idosos ao risco de contaminação, melhor. Se você estiver na companhia de uma pessoa idosa, lave as mãos e mantenha distância - pelo menos um metro e meio. Neste momento, é essencial que você troque os abraços por esses cuidados.

4. Contate os asilos e hospitais antes da visita

Devido ao perigo do vírus em pessoas mais velhas, algumas instalações e hospitais estão autorizando apenas visitas essenciais, portanto verifique com antecedência. Também é possível que um lar de idosos restrinja as aulas de ginástica, artesanato e outras atividades rotineiras. Considere outras maneiras de manter contato com seu amigo ou parente idoso (veja abaixo como você pode se comunicar).

5. Mantenha contato (mas de longe)

A distância social é uma das orientações mais reforçadas quando se trata de como proteger as pessoas mais velhas do novo coronavírus. Mas o isolamento por tempo indeterminado pode ser muito angustiante, portanto invista em ligações, cartas, e-mails, mensagens e até mesmo vídeo chamadas. Você pode contratar novos canais de TV, recomendar alguns podcasts para ajudar a combater a solidão ou jogar baralho on-line com eles. Verifique também se eles têm fotos de seus familiares e amigos por perto para que não esqueçam do quanto são queridos pelas pessoas.

6. Incentive a atividade física

É provável que as rotinas dos idosos sejam afetadas, principalmente se eles precisarem ficar em casa por algumas semanas como medida de prevenção do coronavírus. Se for esse o caso, os médicos enfatizam que é importante manter-se ativo, seja realizando exercícios físicos leves ou até mesmo organizando a casa. O ar fresco regular também é benéfico em tempos de isolamento; por isso, incentive os idosos a passear pelo jardim sempre que possível.

Publicado originalmente