Lavar roupa é uma atividade tão cotidiana que não paramos para refletir se o nosso é o melhor sistema de lavagem. Com tanta tecnologia envolvida - desde as máquinas de lavar roupas com uma quantidade enorme de funcionalidades e tipos de sabão de lavar roupas cada vez mais específicos - a gente acha que já nasce sabendo. Tem quem acredite que basta jogar, de qualquer jeito, todas as peças na máquina, dosar o sabão líquido ou em pó e pronto.

Mas nem sempre o resultado são peças limpas, sem manchas e cheirosas. A chance de ocorrer algum problema e estragar as nossas roupas é alta. A lavanderia das roupas requer capricho e muitos cuidados. Por isso, reunimos as melhores técnicas para tornar a lavagem da roupa da sua casa mais rápida e eficiente. Vamos lá?

O que não podemos fazer ao lavar roupa

Qual é o jeito certo de lavar roupa? Mais do que saber o que fazer, muitas vezes é importante descobrir o que não fazer. Estes são os erros mais comuns que não devemos repetir:

1. Ignorar as instruções das etiquetas das roupas É sempre arriscado não ler as etiquetas das roupas e não seguir as instruções do fabricante. Algumas peças não podem ser lavadas na máquina, precisam ser lavadas à mão. Outras, não devem ser lavadas com água quente. Há aquelas que não respondem bem ao alvejante, entre outras particularidades.

Devido ao novo estilo de vida durante a pandemia, você encontrou novos tipos de manchas nas roupas?

2. Misturar branco e colorido Como lavar roupa branca? Não misturar roupas brancas com roupas coloridas é item básico na hora de lavar roupa. Um dos maiores riscos na hora de lavar roupas é que cores fortes podem se soltar e tingir outras mais claras. Na correria do dia a dia, muita gente acaba colocando tudo junto na máquina de lavar. O resultado é previsível: as roupas mais claras poderão sair manchadas com a transferência de cor das peças coloridas. Sobretudo roupas pretas ou tingidas. Se você misturar uma roupa vermelha com peças brancas, as brancas sairão rosa da máquina.

É bom separar as roupas por tipo de tecido e grau de sujeira, ou itens que exigem o mesmo ciclo de lavagem e temperatura da água. Separe:

  • peças brancas;

  • coloridas;

  • escuras;

  • delicadas;

  • muito sujas;

  • vermelhas/laranja.

3. Utilizar muito sabão Engana-se quem pensa “quanto mais sabão, mais limpeza”. Para higienizar corretamente suas roupas, não se deve exagerar na quantidade, mas, sim, investir em produtos de qualidade, como o OMO Lavagem Perfeita, e seguir rigorosamente a quantidade indicada pelo fabricante. Isso funciona para o sabão líquido e para o sabão em pó.

Quando usado de modo incorreto ou em excesso a roupa fica dura na hora de passar e pode ocorrer o surgimento de pontos pretos. Resultado: somente uma lavagem correta para resolver o problema.

4. Errar a temperatura da água na lavagem A água quente pode ser uma excelente aliada na hora de lavar roupa, porque ajuda a potencializar a ação de muitos produtos, como o OMO Tira Manchas Extra Poder.

No entanto, a água quente tem o poder de fixar manchas de gordura. Por isso, é preciso primeiro cuidar das manchas das roupas. Só depois podemos lavar as roupas que foram manchadas com todo o resto de sua categoria. Vale lembrar que existem tecidos que não combinam com temperaturas elevadas.

5. Exagerar no tempo de molho Tem gente que deixa as roupas de molho por dias. Deixar um tecido de molho por muito tempo só traz mau cheiro. Só coloque uma peça de molho se planeja lavá-la no mesmo dia. O tempo de efeito dos princípios ativos de um detergente geralmente não ultrapassa duas horas.

Então, deixar de molho por mais tempo não aumenta a eficácia de nenhum sabão ou produto de limpeza, e só contribui para apodrecer a peça. Se a roupa estiver muito suja ou manchada, vale dar uma olhada no artigo que fizemos sobre remoção de manchas das roupas.

6. Esquecer roupas da máquina ao fim da lavagem Principalmente se for de um dia para o outro. Só se deve colocar na máquina de lavar, as roupas que podem ser colocadas para secar ao fim do processo. O ideal é acompanharmos o processo até o fim.

Como lavar roupa: o que devemos fazer

Agora que você já sabe o que não deve fazer, aprenda a maneira certa de lavar roupa. Dessa forma, você determina o tempo que vai gastar com esta tarefa e se libera para cuidar de outras coisas importantes em sua vida.

1. Confira sempre as etiquetas das roupas Esta é a regra número 1 e deve ser seguida sempre. Para aumentar a vida útil das suas peças, é fundamental saber o significado dos símbolos de lavagem nas etiquetas das roupas. No artigo sobre como organizar a lavagem de roupas você aprende que uma das formas de organização da sua lavanderia é justamente pelo tipo de cuidado que se deve ter a partir do que está orientado nas etiquetas. A forma correta de lavar as roupas, a temperatura da água, a velocidade do ciclo e instruções para secar e passar: basta aprender a olhar a etiqueta.

2. Organize e separe as roupas Você já deve ter se perguntado como lavar roupa de forma rápida. Pode parecer trabalhoso ou mais demorado, mas é muito importante fazer a separação das peças: roupas pretas, roupas brancas, roupas coloridas. Tipos diferentes de tecido e temperaturas diferentes de lavagem. Acredite: esse hábito vai organizar sua lavanderia, agilizar seu trabalho e conservar suas peças por mais tempo! Lembre-se que deixar a lavagem da roupa acumular é contra-produtivo: sobrecarrega a lavadora, consome muito mais tempo, dificulta a secagem e pode trazer transtornos, como faltar uma camiseta do uniforme da escola das crianças ou uma camisa especial para uma reunião de trabalho. Por isso, leve em consideração as necessidades da família estabelecendo os melhores dias da semana para realizar essa tarefa.

3. Decida qual grupo será lavado primeiro Roupas íntimas, tecidos delicados, jeans e toalhas de banho podem, além de danificar as peças, consumir ainda mais do seu tempo depois que o ciclo da máquina terminar. Ter esse cuidado vai agilizar a lavagem, preservar as roupas e ainda facilitar a sua organização na hora de colocar as roupas para secar. Saber o grupo que será lavado primeiro depende da necessidade (por exemplo, descobrir que você está quase sem meias limpas). Também fique atento à forma de secar as roupas. Você encontra essas informações também nas etiquetas.

4. Trate manchas das roupas antes da lavagem Todas as manchas nas roupas poderão ser removidas com mais facilidade se forem tratadas antes da lavagem. O ideal é tratá-las no momento em que ocorrem. Caso não tenha sido possível, um pré-tratamento com OMO Tira Manchas ajudará bastante antes de começar o ciclo de lavagem. Manchas mais difíceis precisarão ficar de molho durante um tempo antes da lavagem, por isso, é preciso se programar.

Faça o teste da firmeza das cores de suas roupas. Basta umedecer um pequeno pedaço da roupa e passar a ferro com um tecido branco sobre a área umedecida. Roupas que soltam tinta e desbotam devem ser lavadas separadamente, não devem ser deixadas de molho e devem secar à sombra.

5. Prepare suas roupas para lavá-las na máquina Você já deve ter se perguntado como lavar roupa em uma máquina de lavar. Esvazie os bolsos das roupas, removendo moedas, pedras ou papéis, pois alguns desses itens podem danificar a máquina ou as roupas. Faça o tratamento das manchas anteriormente, conforme ensinado. Lembre-se da separação das categorias antes de colocar na máquina. Roupas delicadas como sutiãs ou meias-calças devem ser colocadas em um saco para lavagem que as protegerá durante o ciclo.

6. Use o ciclo de lavagem e temperatura corretos Siga as orientações na etiqueta da roupa. Acerte também na dosagem do sabão para roupas de acordo com as instruções na embalagem. Usar pouco sabão não trará os resultados esperados e usar demais pode danificar a máquina (sem falar no gasto desnecessário). Sempre siga as instruções na embalagem do produto e evite o contato com a pele. Use um sabão confiável e de boa qualidade. Uma excelente opção é o OMO Lavagem Perfeita, que atua na remoção de manchas difíceis em uma única lavagem, ajudando você a economizar tempo.

Invista em bons amaciantes: além de limpas, certamente você quer encontrar suas roupas macias e cheirosas depois de lavar. E para garantir que elas permaneçam perfumadas por mais tempo, mesmo depois de secas, passadas e guardadas, aposte em um amaciante de qualidade.

7. Remova as roupas da máquina ao fim da lavagem Caso contrário, elas podem ficar com um cheiro desagradável. Deixar as roupas na máquina apenas por uma hora já pode ocasionar esse cheiro. Se você já se perguntou como lavar roupa na mão, saiba que os cuidados são os mesmos. Depois de lavar é preciso colocar para secar.

8. Seque de acordo com as instruções na etiqueta Muitas roupas podem estragar se colocadas na secadora, então seque-as no varal se for o caso. Na dúvida, é melhor pendurar no varal do que arriscar na secadora. Isso minimiza o risco de danificar as roupas e economiza energia elétrica (o meio ambiente agradece).

9. Passe as roupas se necessário Vestidos, camisas e calças podem ser passados se você quiser um acabamento mais elegante. Alguns vestidos não precisam ser passados se forem pendurados imediatamente após serem retirados da máquina ou da secadora. Mais uma vez, é importante seguir as instruções na etiqueta da roupa, uma vez que algumas peças não podem ser passadas.

10. Dobre e pendure as roupas na hora de guardar Como dissemos, vestidos, camisas e calças devem ser pendurados para evitar que fiquem amassados. As outras roupas podem ser dobradas e guardadas no guarda-roupa.

Com as dicas do que não fazer e com os dez passos fundamentais para tornar a lavagem de roupas mais rápida e eficiente, você vai organizar a lavanderia de uma vez por todas. O resultado são peças limpas, sem manchas e cheirosas!