Lavar roupa: os 6 erros mais comuns e como evitá-los

Descubra quais são as falhas mais comuns e aprenda a forma correta de lavar roupas para que suas peças durem mais

Atualizado

Meias coloridas no varal

Lavar roupa é uma atividade tão cotidiana que, muitas vezes, a gente acha que já nasce sabendo. E com a facilidade do dia a dia e com os produtos de limpeza cada vez mais eficazes, acreditamos que basta jogar, de qualquer jeito, todas as peças na máquina de lavar, dosar o sabão em pó ou líquido “no olho” e, pronto, as peças vão sair limpas, sem manchas e muito cheirosas.

Esse jeito de fazer a lavagem pode até dar certo algumas vezes, mas a chance de ocorrer algum problema e estragar as peças de vez é alta. Higienizar as roupas requer cuidados e, por isso, publicamos um texto para explicar como lavar roupa. Mas mesmo com tanta informação, ainda tem muita gente que comete erros graves. Veja quais são!

Faça o teste da firmeza das cores de suas roupas. Basta umedecer um pequeno pedaço da roupa e passar a ferro com um tecido branco sobre a área umedecida. Roupas que soltam tinta e desbotam devem ser lavadas separadamente, não devem ser deixadas de molho e devem secar à sombra.

Confira os 6 erros mais comuns ao lavar roupa

1. Ignorar as instruções na etiqueta

É sempre arriscado não ler as etiquetas das roupas e não seguir as instruções do fabricante. Isso porque algumas roupas não podem ser lavadas na máquina, outras peças não resistem à água quente e, também, há aquelas que não respondem bem ao alvejante, entre outras particularidades. Portanto, para aumentar a vida útil das suas peças, é fundamental saber o significado dos símbolos de lavagem nas etiquetas das roupas.

2. Misturar branco e colorido

Não misturar roupas brancas com roupas coloridas é item básico na hora de lavar roupa. Mas na correria do dia a dia, muita gente acaba colocando tudo junto na máquina de lavar. O resultado é previsível: as roupas mais claras poderão sair manchadas com a a transferência de cor das peças coloridas. E, nessa mistura, as roupas coloridas podem ficar com manchas também. Por mais que seja mais trabalhoso, é muito importante fazer a separação das peças. Acredite: esse hábito vai conservar suas peças por mais tempo!

3. Utilizar muito sabão

Engana-se quem pensa “quanto mais sabão, mais limpeza”. Para higienizar corretamente suas roupas, não se deve exagerar na quantidade, mas, sim, investir em produtos de qualidade, como o OMO Lavagem Perfeita, e seguir rigorosamente a quantidade indicada pelo fabricante. Quando usado de modo incorreto ou em excesso, é necessária uma maior quantidade de água para o enxágue, a roupa fica dura na hora de passar e pode ocorrer o surgimento de pontos pretos. Além disso, muita gente também faz confusão na hora de dosar o sabão líquido, mas não tem segredo: é só seguir as quantidades indicadas que as peças ficarão higienizadas e sem resquícios de sabão.

4. Errar a temperatura da água na lavagem

A água quente pode ser uma excelente aliada na hora de lavar roupa, porque ajuda a potencializar a ação de muitos produtos, como o OMO Tira Manchas Extra Poder. Mas sabia quem nem todo tipo de tecido resiste às altas temperaturas. Além disso, algumas manchas podem até se fixar mais quando entram em contato com água quente.

5. Exagerar no tempo de molho

Tem gente que deixa as roupas de molho por dias. E isso só faz mal às peças, porque deixar um tecido de molho por muito tempo só traz mau cheiro. Só coloque uma peça de molho se puder lavar ela no mesmo dia. O tempo de efeito dos princípios ativos de um detergente geralmente não ultrapassa duas horas. Então, deixar de molho por mais tempo não aumenta a eficácia de nenhum sabão ou produto de limpeza, e só contribui para apodrecer a peça. Se a roupa estiver muito suja ou manchada, a sugestão é investir em bons produtos para remoção das manchas.

6. Esquecer roupas da máquina ao fim da lavagem

Essa dica está ligada à dica anterior, porque só se deve lavar roupa quando tiver um tempo para acompanhar o processo de lavagem até o fim. Portanto, não é recomendado colocar a roupa na máquina e sair de casa sem ter hora para voltar. O ideal é retirar do eletrodoméstico assim que o processo de lavagem acabar.

Publicado originalmente