Esses dispositivos são grandes aliados na limpeza da casa e já existem há algum tempo, mas muita gente ainda se pergunta se robô aspirador funciona mesmo. De um lado, a promessa de facilitar as tarefas domésticas do dia a dia. Do outro, o investimento necessário para isso acontecer. Afinal, robô aspirador vale a pena?

Por causa da alta tecnologia envolvida nos aspiradores robôs, pode parecer que eles têm um custo relativamente alto, mas dependendo da sua demanda e do seu estilo de vida, vale a pena. Tome cuidado para o barato não sair caro: antes de comprar o seu, pesquise e saiba o que é importante na hora de escolher e usar.

Quando o robô aspirador vale a pena?

Se você está pensando em comprar um aspirador de pó robô, primeiro é importante conhecer os tipos de aspirador que existem no mercado e ter certeza que o robô é mesmo o mais adequado para sua casa. Depois, com este guia que preparamos você vai conseguir comparar e escolher o melhor modelo, que caiba dentro do seu bolso.

  • Você tem crianças ou animal de estimação?

  • Você tem dificuldade para aspirar regularmente?

  • Você tem pouco tempo disponível para limpeza da casa?

  • Você ou alguém da sua família sofrem de alergia ao pó?

Como você sabe se as superfícies da cozinha e do banheiro foram desinfetadas?

Se sua resposta for sim para alguma destas perguntas, um aspirador de pó robô pode ser seu novo eletrodoméstico favorito.

Quais as vantagens de um aspirador robô?

  • Há menos esforço humano envolvido. Aspirar a casa é tão fácil quanto apertar um botão, o que significa que você pode economizar tempo e energia;

  • Há modelos que permitem que você agende ou ative e desative o aspirador de robô a partir de um aplicativo no celular, o que significa que você nem precisa estar em casa para fazer a limpeza;

  • Os robôs são baixos em altura, deslizando facilmente por baixo dos móveis e grandes eletrodomésticos, o que os aspiradores tradicionais podem ter dificuldade;

  • Os aspiradores de robô são particularmente bons em coletar pequenas partículas de poeira e ácaros;

  • Alguns modelos não apenas aspiram, mas também varrem, esfregam e esterilizam a área da superfície.

Quais as desvantagens de usar um robô para limpeza? Como qualquer tecnologia, o robô aspirador tem suas limitações. Antes de comprar, pergunte a si mesmo se as vantagens superam os pontos negativos:

  • São pequenos, por isso demoram mais tempo a cobrir a área de um cômodo do que os aspiradores tradicionais;

  • Também devido ao seu tamanho, podem requerer esvaziamento mais frequente, sendo menos adequados para casas grandes ou grandes áreas;

  • As rodas pequenas dos robôs a vácuo podem agarrar em tapetes fofos ou de pelo alto, em cortinas ou fios.

Como o robô aspirador funciona?

A tecnologia envolvida nos robôs aspiradores aumentou muitos nos últimos anos para torná-los um dos dispositivos domésticos mais populares e desejados. Estamos falando, provavelmente, de um dos melhores aparelhos de limpeza doméstica do mercado.

Tecnologia inteligente Existem diversos modelos disponíveis no mercado, dos mais simples aos mais complexos, e as funções e características de cada um podem variar bastante. Equipados com câmeras embutidas, sensores inteligentes e controle remoto por aplicativo de celular, os aspiradores de pó robô mais modernos inclusive mapeiam o cômodo que estão limpando.

Alguns dos modelos top de linha funcionam com o Google Home ou Alexa: basta dizer ao seu assistente onde você deseja que o dispositivo limpe e pronto.

Autonomia A maioria dos robôs aspiradores disponíveis atualmente funciona com uma bateria recarregável que pode levar de 3 a 10 horas para carregar totalmente, proporcionando aproximadamente 2 horas de limpeza. Muitos deles são equipados com sistemas de auto navegação, que os ajudam a deslocar-se num cômodo da casa, utilizando múltiplos sensores infravermelhos para evitar obstáculos e calcular o espaço a aspirar.

Funcionalidade Os modelos mais caros também têm modos diferentes, então você pode limpar uma determinada área ou configurá-lo para pisos duros em vez de carpetes, por exemplo. Algumas vezes os próprios sensores do robô já identificam os diferentes tipos de superfície e se ajustam à que ele está limpando.

Mas fique atento: os sensores de vácuo de um robô geralmente só são capazes de detectar e evitar objetos grandes, portanto, evite entupir e danificar a máquina. Para isso, retire do caminho do robô qualquer cabo, moedas, botões ou outros pequenos objetos antes de acioná-lo.

Qual o melhor robô aspirador de pó?

Ao escolher seu aspirador de robô, é importante estabelecer exatamente o que você está procurando. Você quer que ele cubra grandes espaços e limpe tapetes grossos? Gostaria que ele fosse acionado remotamente e economizasse energia?

Ajuste as expectativas, descubra o que observar em cada modelo e compare o preço levando em conta as características de cada um:

Limpeza pesada Os aspiradores robôs são excelentes aliados na faxina do dia a dia, mas mesmo os modelos mais caros não são os mais recomendados para a faxina mais pesada. Tenha em consideração que, mesmo com um robô aspirador, periodicamente será necessária uma limpeza mais profunda no piso da sua casa.

Altura A maioria dos modelos de aspirador robô disponíveis no mercado tem entre 6 e 9 cm de altura, e existem alguns até com 3 cm. Confira a altura dos seus móveis e grandes eletrodomésticos, e procure um modelo de robô que seja capaz de entrar debaixo deles.

Potência Há modelos com maior poder de sucção e menor poder de sucção, conforme a potência, como nos aspiradores de pó comuns. Os modelos com maior potência conseguem aspirar partículas mais pesadas e limpam melhor tapetes e carpetes. Mesmo que seu robô seja do tipo que aspira bem este tipo de superfície, confira o nosso guia sobre como limpar tapetes.

Bateria Se sua casa é grande e tem muitos cômodos, é melhor escolher um modelo cuja bateria tenha maior autonomia e recarregue mais rápido. Isso vai ajudar com que o robô leve menos tempo para a limpeza total. A maioria dos modelos informa qual o tempo de autonomia do dispositivo carregado e quantos metros quadrados ele é capaz de aspirar neste tempo. Existem modelos que retornam a base sozinhos para serem recarregados.

Reservatório de resíduos Observe o volume e o formato do reservatório de resíduos do aspirador robô, já que você terá que esvaziá-lo depois de cada uso (ou, dependendo do tamanho da sua casa, em intervalos da mesma limpeza). O ideal é que o próprio robô te avise quando o compartimento está cheio.

Filtro de poeira Se você ou alguém da sua família é alérgico ou sofre com irritações respiratórias, este é um item muito importante a ser considerado. Alguns modelos de aspiradores robôs são equipados com filtro tecnologia HEPA (High Efficiency Particulate Arrestance), o que significa que até 99,9% das partículas de sujeira ficam retidas, inclusive pólen e fezes de ácaros.

Germes e bactérias Para algumas pessoas, este pode ser um diferencial: alguns modelos de robô aspirador têm uma lâmpada UV capaz de esterilizar as superfícies por onde passa.

Barulho Como todo aspirador, os robôs fazem barulho durante seu funcionamento. Se isso é algo que te incomoda, procure um modelo mais silencioso. A variação dos decibéis que os diferentes modelos emitem é pequena, mas existe. O ideal é você ver o robô em funcionamento antes de comprar.

Extratores anti emaranhamento Cabelos e pelos de cachorro costumam com frequência embolar nos extratores de detrito dos aspiradores robôs e eles travam até que sejam limpos. Existem modelos com extratores anti emaranhamento que exigem menos intervenções do usuário durante o funcionamento.

Tração em todas as rodas Tapetes e pequenos desníveis podem ser um obstáculo para alguns modelos de robô aspirador. Antes de escolher o seu, verifique se ele se adequa às superfícies da sua casa.

Contato com a água Tirando os robôs que passam pano, os demais modelos não costumam tolerar umidade e a maioria dos aspiradores não pode entrar em contato com a água. Se você estiver aspirando áreas molhadas como varandas, cozinhas e banheiros, certifique-se de que o piso está bem seco antes de acionar o dispositivo.

Conexão Os melhores modelos têm conexão com a internet por wi-fi, infravermelho ou bluetooth. Se automação é importante para você, é fundamental verificar como o robô se localiza no ambiente, se ele volta sozinho para a base, se permite agendar a limpeza, se mapeia a área aspirada ou se identifica degraus e desníveis.

Sensores de identificação Alguns robôs aspiradores são capazes de detectar onde há sujeira acumulada e vão direto ao ponto, passando por ali mais vezes que em outras áreas, e garantindo um resultado final mais eficiente.

Modos de limpeza Pode parecer que quanto mais modos de limpeza um dispositivo oferecer, melhor ele é. Mas na prática não é bem assim que funciona. Escolha o robô que tem o modo que melhor se ajuste à sua necessidade.

  • Randômico ou automático: O robô mapeia internamente as áreas por onde se locomove e aspira, e volta para a base quando termina todos os cômodos. A eficiência deste modo depende da qualidade dos sensores e da inteligência do robô.

  • Spot ou espiral: A limpeza é feita em uma área circular localizada em um raio de até 1 metro quando há sujeira concentrada.

  • Cantos e bordas: Neste caso, o robô acompanha paredes e rodapés, complementando o modo randômico.

  • Zigue-zague: Este modo garante que as áreas sejam limpas e aspiradas de maneira ordenada.

Parede virtual Alguns modelos de robô aspirador vêm com paredes virtuais, ou barreiras de sensores infravermelho emitidos por pequenas torres que delimitam a área de atuação do dispositivo.

Troca de peças e manutenção É fundamental manter a manutenção do seu robô em dia para que ele funcione adequadamente. Antes de comprar, verifique quais são as peças que devem ser trocadas em cada modelo (extratores de detrito, rodinhas, filtros, vassourinhas, compartimento de pó, baterias), qual a periodicidade e quanto custam estas peças. Verifique também qual a disponibilidade dessas peças no mercado, principalmente se você optar por um modelo importado.

Animais de estimação Os animais de estimação, num primeiro momento, costumam ficar curiosos com o robô aspirador, mas logo se acostumam. No entanto, se seu cachorro ou gato é do tipo que gosta de destruir as coisas, evite deixá-los sozinhos com o robô em funcionamento.

Quanto custa um aspirador robô?

Depois de conhecer todas as funcionalidades que estes dispositivos podem ter, outro ponto importante para escolher o melhor aspirador de pó robô é definir o seu orçamento, já que o preço do robô aspirador de pó pode variar bastante conforme a marca e o modelo.

Leia avaliações e resenhas confiáveis antes de tomar sua decisão final. Converse com pessoas que têm e usam aspirador de pó robô. Procure visitar uma loja para que possa conversar com um vendedor experiente e testar diversos modelos, garantindo que sua seleção atenda às suas necessidades e seja fácil de operar.

Qual o melhor robô que passa pano?

Para a limpeza ficar completa, depois de aspirar o piso o ideal é passar um pano para desinfetar e garantir um aspecto revigorado, sempre usando o produto mais adequado para cada tipo de superfície.

Para você também não ter que fazer esta tarefa manualmente, alguns modelos de robô aspirador podem ter um pano acoplado na base do dispositivo, cumprindo mais essa função. No entanto, existem modelos específicos apenas para essa finalidade.

Assim como existem diversos modelos, funcionalidades e preços para os aspiradores robôs, também existem diferentes robôs que passam pano. Para escolher o melhor modelo para você, é importante avaliar as suas expectativas e o custo benefício de cada um.

Com ou sem robôs, manter os pisos e superfícies limpos é fundamental.