Dicas para limpar banheiro: Itens que você não deve esquecer

Entre as dicas para limpar o banheiro, alguns itens ficam esquecidos. Descubra na Cleanipedia cinco itens que você não deve esquecer de limpar.

Atualizado

como limpar a banheira

Quando se trata de dicas para limpar o banheiro, as áreas de maior atenção são o vaso sanitário, o boxe e a pia. Mas há alguns acessórios que também precisam ser limpos regularmente para que não se tornem um lar para colônias de bactérias e sujeiras.

Neste artigo, listamos cinco destes itens que você não deve deixar fora da sua rotina de limpeza, e como limpá-los com dicas para lavar banheiro de maneira eficiente e rápida.

O banheiro é o ambiente ideal para a proliferação de bactérias, fungos e vírus. Por isso, entre as principais dicas para limpeza de banheiro está a de desinfetar as superfícies de forma correta. Na hora de higienizar o banheiro, invista em produtos específicos e não arrisque com soluções caseiras, que apesar de limpar, podem não ser tão eficientes. Para eliminar os germes e a sujeira, recomendamos o desinfetante Vim, que por possuir uma fórmula espessa em gel permanece mais tempo nas superfícies, desinfetando e deixando um perfume agradável no ambiente.

Limpeza de banheiro: dicas para não esquecer!

Ao limpar banheiro, dicas como estas podem ser muito valiosas! Leia a seguir alguns truques que podem facilitar a rotina de limpeza, deixando a sua casa limpa mais rapidamente.

1. Tapetes

Se não forem lavados com frequência, os tapetes do banheiro podem se tornar pouco higiênicos, propiciando a proliferação de bactérias e fungos, e até mesmo deixando o ambiente com odores.

No caso dos tapetes de tecido, você pode solucionar este problema rapidamente, lavando-os na máquina com um sabão de boa qualidade, como OMO Lavagem Perfeita. Mas antes, confira a etiqueta do tapete para saber se ele exige cuidados especiais.

Já os tapetes de borracha ou plástico podem ser lavados dentro do boxe ou da banheira, com um desinfetante. Uma boa opção é o Vim, que elimina as bactérias, vírus e fungos. Aplique o produto e esfregue os dois lados do tapete com uma escova limpa. Em seguida, enxágue bem até remover todos os resquícios do produto.

Se o tapete de borracha ou plástico tiver mofo aparente, você pode deixá-lo de molho numa solução com duas tampinhas de Vim para 1L de água. Leia sempre as instruções de uso de cada produto, e teste numa área discreta para ter certeza que o material não vai manchar ou ser danificado durante a limpeza.

2. Porta-escovas de dente

Muitas vezes esquecido, o porta-escovas de dente é um dos itens mais importantes a serem limpos no seu banheiro, já que os germes que se encontram nele podem passar para a escova e, consequentemente, para a boca com muita facilidade.

A maneira mais eficiente de limpar o porta-escovas de dente é colocá-lo de molho em uma solução com água morna e detergente líquido. Em seguida, esfregue com uma esponja limpa e enxágue bem para não deixar nenhum resquício de sabão.

Outra alternativa é utilizar o seu próprio antisséptico bucal, molhando o porta-escovas com o produto e enxaguando com água morna. Repita a lavagem toda semana.

3. Saboneteira e nicho do boxe

A saboneteira e o nicho do boxe onde você coloca seus produtos de banho também precisam ser lavados com frequência, especialmente para evitar o acúmulo de sabão, que após um tempo pode manchar as superfícies e ficar bastante resistente.

Procure remover os restos de sabonete semanalmente, utilizando um pano embebido em um produto específico para limpeza do banheiro, como o Cif Banheiro. Esfregue com uma esponja e se necessário utilize uma escova de dentes velha para alcançar os cantos mais difíceis.

Outra opção é utilizar o Cif Cremoso, aplicando-o sobre o nicho ou saboneteira com uma esponja e enxaguando bem com água no final.

Na hora de escolher seu nicho ou saboneteira, dê preferência para modelos com fendas ou buracos para que os líquidos e a umidade passem por eles e não se acumulem no fundo.

4. Escova de vaso sanitário

Higienizar a escova de vaso sanitário e o seu suporte também é fundamental para manter seu banheiro livre de bactérias e fungos, caso contrário, ao invés de limpar, ela vai espalhar ainda mais sujeira e germes.

Primeiro, lave a escova e o suporte com água quente e remova o excesso de poeira e sujeira. Em seguida, coloque-os de molho durante uma hora numa solução de água com um desinfetante com cloro, como Vim.

Depois, esfregue bem com uma esponja com detergente líquido, utilizando uma escova de dentes velha para remover qualquer sujeira que persistir entre as cerdas. Por último, deixe a escova e o suporte para secar no sol. Procure realizar este processo semanalmente.

5. Torneiras e chuveiro

As torneiras e chuveiros também devem ser lavados, principalmente para evitar as manchas causadas pelo acúmulo de calcário da água dura. Para evitar que isso aconteça, limpe as torneiras e o chuveiro no mínimo uma vez por semana, com um limpador como Cif Banheiro. No caso de manchas, deixe o produto agir durante alguns minutos antes de esfregar.

Outra alternativa é utilizar uma esponja com água morna e detergente líquido, esfregando com uma escova para retirar as manchas mais resistentes. Em seguida, enxágue e utilize um desinfetante como Vim para higienizar e eliminar os germes e bactérias. Enxágue mais uma vez para que remover os resquícios do produto.

Dicas: banheiro sempre limpo!

Incorporando as dicas de limpeza de banheiro acima na sua rotina, certamente seu banheiro vai se tornar mais agradável e menos suscetível a proliferação de fungos e bactérias. Mas vale ressaltar, que áreas como o vaso sanitário, a pia, o boxe e os azulejos também devem continuar sendo lavados com frequência, e de preferência com um desinfetante de boa qualidade como Vim.

Publicado originalmente