Sustentabilidade

Como reciclar plástico: um guia completo para você ler agora mesmo

Confira nosso artigo completo para reciclar plástico de maneira correta e colaborar com a natureza. 

Todo mundo tem consciência da importância da reciclagem de plástico para o meio ambiente. E apesar de 85% da população brasileira ainda não ter acesso à coleta seletiva segundo um estudo de 2016, a boa notícia é que em quase metade das cidades a coleta é realizada por meio de coletiva de catadores ou através de Pontos de Entrega Voluntária (PEV). Por isso, é essencial separar os materiais recicláveis de forma correta. Mas você sabe exatamente quais materiais podem ser reaproveitados e como reciclar plástico?

Confira este artigo para entender alguns símbolos comuns da reciclagem de embalagens plásticas, quais tipos de plásticos podem ser reciclados e como prepará-los para a coleta.

Reciclar plástico: conheça seus materiais

Não seria ideal se todas as embalagens tivessem uma descrição bem clara sobre como reciclar plástico e onde poderia ser feito? Mas infelizmente não é isso que acontece. O que existe atualmente é um sistema formal de símbolos com o objetivo de identificar se aquele determinado material pode ou não ser reciclado – são três setas curvas que formam um triângulo de ponta romba, com um número no meio.

Os mais importantes no momento são:

  • O número 1 no meio do símbolo significa PET: um tipo de plástico amplamente utilizado em garrafas de refrigerantes, sucos, água mineral e óleo de cozinha. A reciclagem de PET do Brasil é uma das mais desenvolvidas no mundo.
  • O número 2 no meio do símbolo: você está lidando com polietileno de alta densidade, usado em embalagens plásticas, como sacolas de compra, frascos de iogurte, embalagens de xampu e produtos de limpeza, bacias, bandejas, banheira infantil, potes para armazenar alimentos, entre outros. Também é amplamente reciclado (embora nem sempre).

Se você tiver dúvidas na hora de reciclar plástico, procure por um desses dois símbolos - eles geralmente significam que você pode reciclar a embalagem, seja em casa ou em um centro de coleta local. Você também pode encontrar mais informações sobre todos os símbolos de reciclagem de plástico aqui.

Para ajudar, segue uma lista de quais tipos de plásticos podem ser reciclados:

  • Garrafas. A reciclagem das garrafas de plástico é bastante simples e a maioria delas pode ser reutilizada. Isso inclui garrafas de bebidas plásticas transparentes e coloridas, garrafas de detergente e shampoo e outros tipos de garrafas domésticas. Limpe os resíduos úmidos das embalagens, de preferência usando água da louça ou do balde com a água utilizada na limpeza. Lembre-se de descartar a tampa para a reciclagem de plástico junto com a embalagem. 
  • Bandejas de isopor, pacotes e outros potes. A maioria delas também pode ser reciclada, como embalagens de comida para viagem, potes de iogurte, pacotes de biscoitos e vasos para plantas. Certifique-se de retirar os restos de comida de dentro das embalagens. Se necessário, lave-as com pouca água antes de descartar para a reciclagem. Tampas e potes de alumínio devem ser descartados no mesmo lixo seco das embalagens. Isopor também é um plástico, o EPS, por isso deve ser reciclado com esses materiais.
  • Sacolas. Embora o Brasil tenha reduzido o uso de sacolas plásticas, ainda encontramos muitas pessoas andando com elas por aí. Você sabe qual o tempo de decomposição do plástico? Pelo menos 300 anos. Essas sacolas de supermercado são recicláveis, mas devido a algumas dificuldades durante o processo de reciclagem, nem sempre isso é possível. A boa notícia é que existem várias alternativas. Os próprios supermercados estimulam iniciativas ambientalmente responsáveis e apostam no uso de sacolas oxi-degradáveis ou as sacolas ecológicas. Você também pode usar um cesto de compras ou caixa de papelão.
  • Filme. Esse tipo de plástico é usado em diferentes tipos de embalagens, desde lacres herméticos em algumas tampas de pacotes de alimentos, até o filme plástico para armazenar comida e sacos de legumes, por exemplo. Existem regras diferentes para reciclar cada um deles, mas em geral sacos e embalagens que se assemelham a sacolas plásticas podem ser reciclados. Isso inclui sacolas de vegetais, sacos para congelar alimentos e embalagens de plástico do papel higiénico e papel toalha. Antes de jogar um plástico filme no lixo, limpe-o antes e então, deposite-o no local indicado para a reciclagem de plástico na coleta seletiva.

Caso você tenha outras dúvidas em relação à reciclagem de embalagens plásticas ou outros materiais, leia este artigo.

Como reciclar plástico: passo a passo

Antes de descartar as suas embalagens plásticas, certifique-se de que elas estejam limpas, especialmente os materiais que contenham alimentos e líquidos. Isso se deve a algumas razões:

  • É importante fazer a limpeza das embalagens que contiveram alimentos, porque elas passam por depósitos antes de ir para a reciclagem de plástico e podem atrair animais como ratos, raposa, moscas. Além disso, minimiza-se o risco de contaminar as pessoas que venham a ter contato com estes materiais.
  • Embalagens plásticas que estejam com resíduos comprometem o processo de reciclagem e acabam perdendo seu valor. Em países mais desenvolvidos, onde a reciclagem deve ser mais mecanizada, este problema deve ser menor. Mas em países como o Brasil, onde é muito manual, estas questões são mais importantes.
  • Muitas fábricas de reciclagem classificam os contêineres por peso, e rejeitam os contêineres que ainda têm alimento ou líquido dentro deles. O maquinário usado em usinas de reciclagem também pode ser danificado pelos resíduos, portanto é melhor manter suas embalagens bem limpas. Lave-as com água morna e, se necessário, algumas gotas de detergente líquido, e pronto!

É importante separar corretamente os seus resíduos para facilitar o trabalho das estações de reciclagem. Com essas dicas, reciclar plástico e contribuir para o meio ambiente pode fazer parte da sua rotina.

Cleanipedia recomenda:

Por meio da escolha de produtos concentrados, como Comfort Concentrado, é possível reduzir o consumo de plástico e contribuir para o meio ambiente. Isso porque a embalagem menor representa uma redução de 58% de plástico ao ano. Além disso, ele contém 79% menos água em sua fórmula, uma economia de 22,2 milhões de litros por ano.    

Lembre-se

Apenas 15% dos brasileiros têm acesso à coleta seletiva, mas a grande maioria das cidades conta com Pontos de Entrega Voluntária (PEVs) e associação de catadores. Por isso não deixe de separar as suas embalagens. Para mais informações sobre a reciclagem de plástico na sua região, entre em contanto com a sua prefeitura. 

Principais Passos:

  • A grande maioria dos plásticos pode ser reciclada, inclusive de muitos produtos químicos. Mas é preciso ter cuidado redobrado, como a tríplice lavagem antes do envio para a reciclagem.
  • Você sabia que a cada 1 tonelada de material plástico reciclado, há redução de 1,5 toneladas de gases causadores do efeito estufa e uma economia média de 75% de energia?
  • Com 5 garrafas de PET pode obter-se poliéster suficiente para produzir uma camiseta do tamanho XL
  • 1000 kg de PET (plástico) permitem produzir 2000 calças em poliéster.
  • Não é preciso lavar as embalagens plásticas gastando água desnecessariamente. Quando for preciso, basta usar um fio de água ou reaproveita-la da pia na lavagem da louça.
  • O isopor é, sim, reciclável, e pode até virar matéria-prima para a fabricação de interruptores e rodapés, por exemplo.