Decoração sustentável: saiba como fazer escolhas conscientes

Atitudes simples fazem uma decoração sustentável. Veja algumas ideias práticas para mudar os hábitos

Atualizado

Fundo verde com duas garrafas verdes com flores cor de rosa dentro e duas garrafas transparente com flores secas dentro

É possível decorar sua casa com charme, modernidade, conforto e sem agredir a natureza. Basta adotar atitudes simples, aliadas a muita criatividade. Não sabe por onde começar? Nós trazemos para você grandes dicas, confira agora!

Como fazer uma decoração sustentável

Em primeiro lugar, é preciso entender que a sustentabilidade não é simplesmente um estilo estético ou uma tendência descartável na decoração. Em função da escassez de recursos, cada vez mais evidente devido ao modelo de consumo desenfreado dos últimos anos, é preciso reduzir e reutilizar.

O segredo da reutilização de objetos é a criatividade. Reinvente! Lembre-se que uma importante atitude sustentável é evitar jogar qualquer coisa fora. Experimente dar novas utilidades para as peças que, em primeira análise, acabariam indo para o lixo. Veja algumas ideias:

  • Paletes de madeira podem virar base para cama e futon – Além de sustentável, transformar paletes em objetos de decoração é muito bonito – e está na moda. Basta lixar o palete (se for preciso) e pintar da cor de sua preferência. Depois, coloque o colchão ou as almofadas sobre ele e pronto!
  • Caixotes viram estantes – Aqui, vale a mesma regra para transformar os paletes de madeira. Quer dar um novo destino aos caixotes de frutas? Você pode lixá-los, pintá-los e colocar um por cima do outro, montando uma estante. Outra dica é usar eles para guardar as frutas da cozinha. Peça para um marceneiro colocar 4 pernas (que podem ser de mesa velha) na parte de baixo do caixote. A ideia é que eles virem uma cesta mesmo. Fica bem bonito!
  • Garrafas PET – As garrafas PET de refrigerante têm mil utilidades. Dá para fazer uma horta vertical, jogo de boliche ou até uma pá multiuso.
  • Potes de vidro para temperos – Que tal reutilizar os recipientes de vidro de requeijão e molho de tomate para guardar temperos? Basta higienizar bem esses frascos para usar novamente.

Mais dicas de decoração sustentável

  • As plantas e as folhagens no interior de residências são muito úteis para filtrar as impurezas do ar, além de absorverem componentes nocivos de poluição. Você pode espalhar vasos pela casa ou mesmo criar um jardim na varanda, com direito a floreiras e grades que possibilitem a verticalidade das plantas.
  • Faça uma horta em casa, cultivando alguns temperos utilizados na culinária do dia a dia. Essa atitude aumenta a sensação de bem-estar e pode diminuir o estresse de quem cuida das plantinhas.
  • Outra medida ecológica é cuidar do encanamento de água. Verifique se torneiras e chuveiros estão funcionando de modo correto, sem vazamentos nem escapes indesejados de água.
  • Se a ideia for investir nas estruturas, torneiras com sensores de uso são uma boa ideia para evitar o desperdício assim como válvulas de descarga com fluxo limitado.
  • Ao planejar a decoração da sua casa, leve em conta quais escolhas valorizarão o uso da luz natural. Desse modo, você poderá diminuir o uso da iluminação artificial durante o dia.
  • Evite utilizar cortinas e persianas que bloqueiem a luz solar, também vale eliminar as películas para vidros que acabam diminuindo a iluminação disponível. Quanto menos lâmpadas você precisar acender, melhor será para o meio ambiente.
  • Lembre-se: Um ambiente minimalista tende a ser muito mais sustentável do que uma casa recheada de objetos que não têm mais serventia. Portanto, analise tudo o que tem em casa, levando em conta o que pode ser doado ou vendido. Antes de inserir qualquer objeto novo na decoração, pense se ele realmente terá utilidade por um período considerável, evitando compras por impulso que logo serão descartadas.

Publicado originalmente