Skip to content
Miúdo a brincar de fantasma com o lençol branco
Dentro de casa

Como brincar às limpezas da casa com os seus filhos - sem eles acharem que não tem graça nenhuma

Ponha música. Abra as janelas. Chame a sua melhor equipa. É altura de pôr mãos à obra e arrumar a casa. Sara partilha consigo truques e brincadeiras para manter a sua casa limpa e arrumada, ao mesmo tempo que educa os seus filhos com valias que os acompanharão toda a vida.

Se quer ir rápido, vá sozinho. Se quer ir longe, vá acompanhado.

Trabalho em equipa é uma das coisas mais importantes da vida, bem expresso neste ditado asiático. Manter a sua casa limpa e arrumada é uma tarefa de todos, não apenas da mãe, do pai ou da senhora da limpeza. Para além disso, as crianças agem por exemplo, gostando de imitar os pais e mães, correcto? Então relaxe e aproveite as limpezas, encarando-as como mais uma oportunidade para fazerem coisas juntos.

Educar com brincadeiras

No que toca a educar as crianças para as tarefas lá de casa, o primeiro passo conseguirmo-nos colocar na pele dos miúdos. Experimente brincadeiras simples e divertidas para arrumar os brinquedos. Pode jogar “às cores”, pedindo-lhe para criar montinhos com brinquedos de cada cor; ao “contar brinquedos”, juntando cinco brinquedos de cada vez; ou mesmo “aos melhores amigos”, sugerindo que os seus bonecos também entram na brincadeira da arrumação, fazendo parte integrante da família.

Falar a língua deles, com clareza

Imagine que tem 3, 5, 7 ou 15 anos. Bem diferente, verdade? Isto não significa que tenha que falar abebezado. Experimente utilizar uma linguagem clara, simples mas assertiva, definindo tarefas específicas, para o seu quarto e espaços comuns. Estas aumentam com o tempo, idade e aprendizagem, criando sentido de responsabilidade desde pequeno. Tenha ainda atenção ao tom que utiliza, mais próximo de um convite para brincar do que de uma ordem. Afinal, tudo se consegue com um sorriso.

De pequenino…

… É que se torce o pepino, já dizia o ditado. Porque não oferecer no Natal uma esfregona ou mini-aspirador? Todos gostamos de nos sentir úteis, incluindo os mais pequenos. Na verdade , é quando os miúdos crescem e de repente são adolescentes, que envolvê-los nas tarefas de casa se torna mais complicado. Continue a dar-lhe tarefas diárias e semanais específicas, como pôr a mesa, fazer a cama, pôr a sua roupa a lavar na máquina ou varrer o seu quarto. Numa idade em que o individualismo impera, é ainda importante relembrar-lhes que há espaços comuns da casa que devem ser cuidados por todos - como manter o sofá arrumado ou colocar um novo rolo de papel higiénico quando este acaba.

Coisas de crescidos

Esta dica parece óbvia, mas convém ainda nao esquecer que há tarefas que não são adequadas para crianças, sobretudo para as mais pequenas: tudo o que envolva talheres pontiagudos ou facas, detergentes abrasivos como lixívias, usar electrodomésticos ligados à electricidade (cuidado com aspiradores, placas do fogão, e chaleiras), e até tarefas menos improváveis como limpar o pó, especialmente nocivas para as vias respiratórias dos mais pequenos, mais sensíveis a alergias e sujidade.

Cleanipedia recomenda


Porque não terminar o dia de limpeza com uma sessão de culinária caseira? Compre os ingredientes para fazer o bolo favorito da sua família e termine com a casa a cheirar a pão de ló morno, com uma chávena de chá ou um copo de leite. Que delícia.