Aprenda como deixar a geladeira organizada - um guia completo

Faça seus alimentos durarem mais tempo e deixe sua geladeira organizada aprendendo como, quando e onde.

Atualizado

Leites e bandejas de carne dispostas em prateleiras da geladeira

Talvez você não tenha pensado nisso, mas manter a geladeira organizada, de modo correto e prático, significa cuidar da saúde da sua família e ainda prestar atenção na economia doméstica. Existe um jeito certo de colocar cada item, um tempo certo para preservação dos alimentos e o lugar certo para mantê-los bem conservados.

O que guardar na geladeira? O que não guardar na geladeira? Saber como organizar uma geladeira corretamente é muito importante para eliminar riscos de contaminação e evitar desperdícios. Ninguém gosta de jogar comida fora, não é mesmo? Para ajudar você nesta tarefa, reunimos aqui as melhores dicas de como arrumar a geladeira de maneira prática e inteligente.

Você vai precisar:

  • Potes e garrafas de vidro;
  • Recipientes de plástico com tampas;
  • Etiquetas reaproveitáveis para data de validade dos alimentos;
  • Canetas e marcadores;
  • Filme plástico.

Comece agora mesmo

Se o coração da cozinha é o fogão, sem dúvida seu cérebro é a geladeira. Assim, de nada adianta uma cozinha brilhando se a geladeira está mal utilizada.

Conhecer onde cada alimento deve ser colocado dentro da sua geladeira, como preservá-lo da melhor maneira e quando, ou seja, o tempo de duração para que sua conservação seja perfeita é mais fácil do que parece. Para facilitar sua vida, vamos dividir as informações dessa maneira. Vamos lá?

Onde? A geladeira é dividida em partes. As mais antigas, com o freezer na parte superior, contam com a parte de cima mais fria que as demais. As geladeiras novas apresentam tecnologia de distribuição da temperatura mais igual. Mesmo assim, existem gavetas e prateleiras certas para colocar cada alimento.

A visualização é muito importante! Isso vai fazer com que nenhum alimento fique esquecido e perca o seu prazo de validade. Por isso você precisa saber onde colocar cada coisa, da maneira correta, assim que chegar do supermercado, frutaria ou sacolão.

  1. Prateleiras e gavetas superiores:

    Se sua geladeira apresenta compartimento extra frio (gavetas superiores), este é o lugar ideal para guardar frios e laticínios: leite, iogurte, manteiga, queijos, presuntos, massas frescas. As carnes também precisam ficar no lugar mais gelado. Mas não se esqueça de separá-las dos demais alimentos. O compartimento extra frio se localiza na parte superior do refrigerador. 

    É também onde as bebidas gelam mais rápido sem congelar. Nas prateleiras e gavetas superiores também damos preferência para pratos prontos ou pré-cozidos e sobras de comida.  A prateleira de cima é o lugar onde armazenamos o que deve ser mais gelado para sua maior conservação.

  2. Prateleiras do meio:

    Nas prateleiras do meio conservamos alimentos prontos, cozidos, os doces, molhos, vinho, sucos e todo alimento que precisar de refrigeração para sua conservação. Caixas de leite longa vida também, mas evite deixar o leite aberto por muito tempo: assim como o melão, o leite absorve cheiros presentes na geladeira. Ovos também podem ficar na prateleira do meio, não na porta. A porta é mais suscetível a mudanças de temperatura e movimentação.

    Quando temos o cuidado de utilizar etiquetas reaproveitáveis nas tampas dos potes de vidro ou plástico e nas embalagens de plástico hermeticamente fechadas que conservam nossos alimentos temos condição de acompanhar devidamente sua validade. Assim o desperdício é menor. A saúde agradece, inclusive a financeira.

  3. Gavetas:

    Legumes, verduras e frutas devem preferencialmente ficar guardados nas gavetas. Sua temperatura e umidade são ótimas para esse armazenamento aumentando a conservação por um bom tempo. 

    Uma boa dica é embalar os alimentos com filme plástico ou sacos hermeticamente fechados antes de guardar para evitar o ressecamento e manter as gavetas limpas. 

    Há muitos alimentos que podem manchar a sua geladeira se ficarem em contato com ela. Há sucos presentes em muitos alimentos, o que acarreta liberação de líquidos de sua cor específica na gaveta ou onde estiverem estocados.

    Uma boa ideia é estocá-los sempre em vasilhas, potes ou embalagens transparentes, para que facilitem visualização ajudando na organização do consumo. 

  4. Porta:

    Na porta preferimos guardar bebidas e alimentos acondicionados em potes, como geleias, molhos e outros condimentos. Catchup e mostarda, por exemplo, não têm necessidade de ficar na geladeira pela quantidade de conservantes. No entanto, duram ainda mais se colocados na porta do seu refrigerador. 

    Lembre que a porta não é lugar de ovos, conforme dito acima. Nem do que precisa de maior refrigeração. Existem geladeiras com porta-latas localizadas na porta. É preciso saber que não ficarão tão geladas quanto poderiam se ficassem na primeira prateleira ou no compartimento extra frio presente em vários modelos. Para quem gosta de uma cerveja mais gelada, definitivamente não é uma boa opção.

    Step 4: porta de geladeira aberta com vários molhos, garrafa d’água e caixa de suco de laranja

Sua rotina de limpeza mudou durante a pandemia?

Como?

Não adianta saber o tempo que podemos acondicionar um alimento na geladeira e o melhor lugar para fazer isso se não soubermos a forma correta de fazê-lo. Assim, preparamos algumas dicas para que você possa seguir:

  • Separe as carnes dos demais alimentos em recipientes com tampa são alimentos muito sensíveis a microorganismos;

  • Ovos devem ser guardados com a ponta virada para cima para durarem mais e não podem ser lavados antes de colocados na geladeira;

  • Lugar de panela é no armário, não na geladeira - tire os alimentos da panela se quiser conservá-los. As sobras de comida precisam de armazenamento correto: potes de vidro ou plástico com tampa;

  • Talheres? Nem pensar. Quando você está comendo algo e não termina, o correto é colocar o resto em um pote ou vasilha com tampa para ser levado a geladeira. Sem talheres.

  • Leite não deve ser guardado por muito tempo, conforme explicado. Depois de aberto, 2 dias é um bom prazo.

  • Limão e alimentos ácidos podem danificar a sua geladeira. Lembre de os acondicionar corretamente;

  • Doces devem ser consumidos preferencialmente em até 3 dias;

  • Enlatados podem ficar até 3 dias na geladeira, mas o ideal é transferir seu conteúdo para potes de plástico com tampas. Latas abertas, nem pensar. O metal oxida e pode contaminar a comida;

  • Evite guardar pedaços de cebola que não foram consumidos. O ideal é utilizá-las completamente. A cebola atrai umidade e, com ela, bactérias;

  • Não espere a comida esfriar para ir para a geladeira. Ao contrário do que pensavam nossas avós, colocar comida quente na geladeira não faz com que ela estrague. Ela vai gastar um pouco mais de energia para equalizar a temperatura interna, mas essa é a maneira correta de cuidar do seu alimento. Ao deixar a comida esfriar fora da geladeira você aumenta a chance de proliferação de microorganismos danosos. Transfira-a para um recipiente de vidro ou plástico com tampa e coloque em sua geladeira.

  • Frutas, verduras e legumes são colocadas na gaveta própria com o filme plástico ou embalagem que as protege, impede odores evita manchas em sua geladeira;

  • Mantenha sempre a identificação dos alimentos com a data de validade, e jogue fora todas as comidas vencidas ou estragadas. Lembre-se de guardar as sobras de alimentos em potes e recipientes de plástico ou vidro e, se possível, coloque etiquetas com as datas de validade de cada uma delas.

  • O freezer funciona melhor quando está cheio, já que um alimento ajuda a congelar o outro. Isso não acontece da mesma forma com a sua geladeira. Portanto, é sempre bom um pequeno espaço entre os itens guardados para que o ar frio circule melhor internamente.

Quando?

O tempo que cada alimento pode ser acondicionado na geladeira define o tempo que temos para sua utilização, bem como seu consumo saudável. Fique atento às dicas que separamos para você:

  • As carnes embaladas devem seguir o seu prazo de validade;

  • Quando acondicionadas na prateleira de cima ou na gaveta extra-fria, as carnes que não foram compradas embaladas têm validade de 2 dias;

  • Já os peixes têm validade de 1 dia se não estão congelados;

  • As sobras de comida podem ficar até 2 dias na geladeira;

  • Os ovos, idealmente até 15 dias.

Se você já se perguntou como organizar geladeira com organizadores ou como organizar geladeira pequena, aqui você também encontra sua resposta. As etiquetas reaproveitáveis existem para esta finalidade: você aproveita ao máximo de sua geladeira, mantém a saúde da sua família e não deixa de economizar, já que diminui o desperdício.

Se você vive em uma república, ou divide a casa que mora com amigos, é bom saber que existem sistemas que facilitam a divisão da geladeira, mesmo se vocês têm uma geladeira pequena.

A maneira certa de fazer isso não é dividir as prateleiras entre os amigos ou entre os moradores da casa. Porque cada prateleira em uma geladeira tem uma função específica. Assim, os organizadores são mais indicados para essa função. Eles podem ser desde potes ou vasilhas de cores diferentes (separe uma mesma cor para cada integrante da casa), ou mesmo etiquetas reaproveitáveis (mesmo assim, a cor diferente para cada um facilita a rápida visualização).

Dicas finais: O filme plástico serve para não deixar que o alimento, seja ele qual for, não entre em contato direto com o ar frio da geladeira e não espalhe odores (por melhores que sejam) dentro dela. Quando utilizados, evitam, inclusive, o ressecamento da superfície do alimento. Se não tem tampa, use filme plástico. Ele pode ser guardado no congelador - o que facilita descobrirmos onde está a borda para retirarmos mais um pedaço quando vamos utilizar.

Além do filme plástico, você precisa saber o que mais guardar e como organizar o freezer. Os alimentos comprados prontos, tais como pizzas, lasanhas, nuggets, sorvetes devem ser acondicionados no seu congelador. Mais uma vez, vale ficar atento à data de validade do fabricante.

Quando você coloca alguma coisa em uma vasilha de plástico ou vidro no freezer, precisa marcá-lo devidamente para que saiba o que está congelado e a data que foi congelado: carnes, frangos, peixes têm um aspecto de difícil visualização depois de congelados. Por isso, os marcadores ajudam. Fique atento se o recipiente colocado no congelador resiste a baixas temperaturas para que não estourem.

A melhor maneira de descongelar alimentos é dentro da geladeira. Assim, ele continua protegido contra as bactérias. Para isso, retire o alimento do congelador com um dia de antecedência do uso, e deixe-o na prateleira mais fria, colocando um prato fundo para que a água não escorra se espalhando dentro do seu refrigerador.

Faltou dizer o que não guardar na geladeira:

  • Bananas e maçãs resistem melhor fora da geladeira;

  • Tortas frias devem ser guardadas no frigorífico, mas o mesmo não acontece com bolos, que se ressecam facilmente se colocados em refrigeração;

  • Azeites, castanhas e café também ficam melhor armazenados e não perdem aroma e sabor se guardados fora da geladeira;

  • Batatas, cenouras, tomates, cebolas, alhos e pimentões também devem ficar estocados em outro lugar, de preferência um lugar arejado;

  • Pães podem ser congelados e esquentados no forno, caso demorem para ser consumidos. Melhor do que guardá-los na geladeira.

Vale lembrar que não adianta saber como guardar tudo corretamente se sua geladeira não foi devidamente higienizada. Ela precisa de limpeza correta e constante. Para isso, conte com a linha completa de produtos Cif para limpar as superfícies da cozinha e remover a gordura e a sujeira de maneira rápida e eficaz.

Agora que aprendeu como organizar sua geladeira, preserve melhor os alimentos, cuide da alimentação da sua família e aproveite para minimizar o desperdício, economizando no final do mês.

Publicado originalmente