economizar agua durante a limpeza
Sustentabilidade

Como preservar a água: 10 dicas de como economizar

Com alto consumo de água na atualidade precisamos tomar atitudes para evitar o desperdício. Descubra como preservar água com as dicas de economia a seguir.

Apesar de ser chamada de planeta água, a Terra não possui reservas infindáveis desse líquido para consumo. Com essa aparente abundância, muitos usam a água de forma indiscriminada e seu consumo está aumentando desproporcionalmente ao crescimento da população mundial. Segundo a ONU, 110 litros de água por pessoa é o ideal para cobrir as necessidades de consumo e higiene diárias, no entanto, o consumo de água no Brasil é de 185 a 200 litros.

Esses dados apontam para a necessidade de usar esse recurso de forma racional, por isso, listamos algumas dicas de como economizar água, para colaborar com o meio ambiente e, ao mesmo tempo, aliviar seu bolso.

Porque e como preservar a água

Mesmo tendo um quinto das reservas hídricas do mundo, nosso país vive sofrendo com crises de falta de água. Isso pode ser explicado por problemas de abastecimento e pelo alto desperdício de água no Brasil.

Para garantir o acesso de gerações futuras a esse recurso, é importante pensar em como podemos economizar água, e as melhores formas de fazê-lo você confere a seguir.

10 dicas de economia de água:

 

  1. Diminua o tempo no chuveiro

Em um banho de ducha de 15 minutos são gastos 240 litros de água, se reduzir esse tempo para 5 minutos, 96 litros serão economizados. Investir em chuveiros elétricos é outra forma de economizar água, por terem uma vazão menor e esquentarem mais rápido.

  1. Lavagem de roupa consciente

Procure sempre usar a capacidade máxima da máquina (uma de 5 kg gasta 130 litros de água por lavagem) e utilize-a com menos frequência: três vezes por semana para uma família de quatro pessoas é suficiente.

Outra dica de como economizar água na lavanderia é utilizar produtos de boa qualidade, um sabão em pó potente como o Omo Progress+ tira manchas de forma rápida e efetiva, evitando que você tenha que repetir o ciclo de lavagem, gastando mais água. Lembre-se de sempre seguir as instruções de uso do fabricante.

  1. Evite lavar a calçada com mangueira

Quando for limpar a calçada e o quintal, utilize uma vassoura para tirar as folhas, poeira e sedimentos maiores e depois um balde com água e sabão para finalizar a limpeza. É interessante também reaproveitar a água da máquina de lavar.

  1. Prefira o uso de balde ao lavar o carro

O mesmo vale na lavagem do carro: ao invés de utilizar a mangueira – que gera um desperdício de 300 litros a cada 10 minutos – prefira novamente usar baldes para o enxágue, isso evita um consumo desnecessário enquanto se ensaboa o carro e a água fica correndo solta de lado.

 

  1. Não deixar a água correndo ao lavar louça

Após as refeições, primeiro descarte o resto dos alimentos e ensaboe todos os utensílios com a torneira desligada, deixando de molho com detergente aqueles que vão dar mais trabalho por ter muito resíduo grudado ou estarem engordurados, e só abra a torneira para o enxágue final. Se possui lava-louças, a mesma dica da máquina de lavar roupa vale aqui: espere juntar uma quantidade considerável de louça para ligá-la.

  1. Escovar os dentes com a torneira fechada

Adquira o hábito de não manter as torneiras abertas, especialmente enquanto escova os dentes. A cada minuto são 6 litros de água indo literalmente para o ralo, então o ideal é abrir a torneira somente para o enxágue bucal.

  1. Verifique vazamentos

Apesar de parecerem inofensivos, aqueles pingos de torneira mal fechada somados ao longo de um ano alcançam um desperdício de água de 16 mil litros, o que equivale a um desembolso extra de R$ 1.200 com a conta. Então aperte bem as torneiras após usar e vasculhe a casa procurando por vazamentos, que devem ser reparados o mais rápido possível.

  1. Utilize produtos de limpeza apropriados

Invista em produtos de limpeza específicos para sua casa, especialmente cozinha e banheiro, onde a tendência a recorrer a soluções com água é grande: além de ter resultados mais efetivos – pois estará utilizando produtos apropriados para a remoção de gordura, sujeira pesada e resíduos resistentes – não vai utilizar água, favorecendo assim sua economia. Uma dica é o Cif Ultra Rápido, que promove limpeza em uma passagem de apenas 10 segundos, e sem precisar usar água. Só não se esqueça de testá-lo em uma pequena área antes.

  1. Reutilize a água da chuva

Considere investir em cisternas para a captação e armazenamento de água da chuva e em recursos de reaproveitamento de água dentro da casa. Por exemplo, é possível instalar um sistema para o reuso da água do banho na descarga.

  1. Troque a válvula da descarga

Sempre que for adquirir novos bens e eletrodomésticos, preze por aqueles eficientes no quesito economia de água, especialmente para as máquinas de lavar roupa e louça, torneiras e privadas. Uma válvula de descarga adequada e corretamente regulada pode evitar desperdício. Prefira as caixas acopladas ou as descargas de duplo acionamento, que gastam 3 ou 6 litros por ciclo, enquanto que as normais usam de 9 a 12 litros por uso (até mais, se for antiga).

Dez dicas de economia de água bem simples de concretizar que se vão refletir no ambiente e no seu orçamento anual. As gerações futuras agradecem!

Cleanipedia recomenda:


Para a limpeza da casa, evite usar água corrente e invista em produtos de qualidade, que removam sujeira e gordura sem a necessidade do uso desse recurso, como o Cif Ultra Rápido.

 

Dicas importantes:

  • Evite jogar óleo usado na pia, ele polui a água e pode entupir a rede de esgotos, e atrapalha seu tratamento.
  • Irrigar as plantas do jardim à noite ou nas primeiras horas do dia, quando não há muito sol, evita que elas percam água pela evaporação e diminui a frequência com que precisam ser regadas.