Saiba como tirar o chulé dos pés e sapatos definitivamente

Se você quer se ver livre do mau cheiro de chulé, temos a solução! É só conferir as dicas abaixo.

Atualizado

Saiba como tirar o chulé dos pés e sapatos definitivamente

Pé com chulé é um problema que atinge muitas pessoas. Não interessa gênero ou idade, qualquer um pode estar sujeito ao mau cheiro nos pés ao final do dia. Porém, o que causa e como tirar o chulé do pé? 

O pé é uma das partes do corpo que mais sofre com a falta de ventilação e, ao transpirar, o suor serve de alimento para algumas bactérias que liberam compostos químicos responsáveis por esse cheirinho desagradável. 

Desagradável? Sim. Inevitável? Não! Temos dicas de como tirar o chulé do pé definitivamente, bem como deixar os seus sapatos limpinhos e cheirosos sempre. Para começar, aqui vai uma bem simples: lave as suas meias e quaisquer palmilhas removíveis com um desinfetante de roupas como OMO Antibac. 

Além de eliminar 99,9% das bactérias impregnadas nos tecidos, inclusive as que causam o cheiro ruim, ele também remove manchas difíceis. Lembre-se apenas de ler e seguir as recomendações do rótulo do produto. Pronto, vamos às demais dicas?

Lave as suas meias e quaisquer palmilhas removíveis com um desinfetante de roupas como OMO Antibac. Além de eliminar 99,9% das bactérias impregnadas nos tecidos, inclusive as que causam o cheiro ruim, ele também remove manchas difíceis. Lembre-se de ler e seguir as recomendações do rótulo do produto.

Como tirar chulé das meias

Que a fermentação de bactérias é o que causa chulé você já sabe, mas o primeiro passo de como acabar com chulé de uma vez por todas é lavar bem as suas meias usando um sabão antibacteriano como OMO Antibac e deixá-las secar completamente, de preferência ao sol.

Não para por aí, temos mais duas dicas de ouro para tirar chulé nos pés:

  • as meias de algodão absorvem melhor a umidade, portanto, são as mais recomendadas para evitar chulé, especialmente para os dias quentes;

  • por esse mesmo motivo, para evitar a proliferação de bactérias e o chulé, não é indicado utilizar o mesmo par de meias dois dias seguidos.

O que é mais importante para você quando compra um produto para lavar roupas?

Como tirar chulé da sapatilha, tênis e outros calçados

O melhor jeito de tirar o chulé é higienizar bem os calçados. Se possível, retire as palmilhas e lave-as separadamente. Molhe uma escova macia em uma mistura de água com sabão bactericida e esfregue-as, depois enxágue bem e deixe secar ao sol.

Tênis e sapatilhas são umas das peças favoritas para o dia a dia, por serem práticas e confortáveis, porém, são os principais causadores de chulé. A boa notícia é que é possível lavar na máquina a maioria deles, para remover aquele mau cheiro desagradável. 

Para isso, utilize água fria e coloque-os dentro de um saco específico de lavagem ou fronha, a fim de evitar danos. Na dúvida, consulte a etiqueta do calçado! De modo geral, a lavagem é recomendada apenas itens feitos de tecido, lona, pano, plástico e borracha. Se isso não for possível, siga o procedimento de como acabar com chulé detalhado a seguir.

Alguns cuidados básicos de higiene podem ajudar em tarefas como evitar chulé, tais como lavar bem entre os dedos com um sabonete antisséptico, utilizar cremes hidratantes que contém ureia na fórmula e ter certeza que os pés estão totalmente secos antes de calçar os sapatos.

Como tirar chulé de calçados que não podem ser lavados

Se seus sapatos forem de couro, camurça, cetim ou outro material que não pode ser lavado — pois, podem ser danificados no processo —, não se preocupe. Há outras formas de tirar chulé e remover o cheirinho característico do seu calçado favorito.

Basicamente, o que tira o chulé de sapatos assim é a mistura a seguir:

  • 1 colher de sopa de bicarbonato de sódio;

  • 1 colher de chá de sal.

Aplique essa solução dentro do calçado e deixe pernoitar. No dia seguinte, remova bem todo o resíduo (se necessário, utilize um pano seco). O sal serve para retirar a umidade, evitando a propagação de bactérias, e o bicarbonato é o que tira de fato o chulé, devido ao seu alto teor alcalino, que combate os microrganismos.

Outro método de como acabar com chulé dos sapatos é passar um pano embebido em vinagre ou álcool 70 dentro do calçado logo após retirá-lo dos pés. Contudo, sempre siga as instruções de uso das etiquetas dos seus produtos antes de tentar qualquer método.

Dicas e conselhos úteis de como evitar o chulé 

Até aqui, você descobriu como tirar o chulé do pé. Entretanto, não seria ótimo se você pudesse evitá-lo? Afinal, é sempre melhor prevenir do que remediar. Com algumas dicas básicas é possível reduzir significativamente o odor frequente:

  • intercale o uso dos seus calçados durante a semana, principalmente se você tem aqueles pares preferidos;

  • deixe os sapatos ventilando por um tempo após o uso, de preferência durante à noite, para que eles estejam secos e prontos para o outro dia — jamais chegue em casa e guarde os calçados úmidos ou molhados;

  • Quando não estiver usando ou deixando-os ventilar, guarde seus sapatos em local seco e arejado, de modo que não fiquem com cheiro ruim quando você decidir usá-los novamente;

  • periodicamente coloque os seus tênis, sapatilhas e demais sapatos ao sol para evitar o chulé;

  • polvilhe talco ou outros produtos específicos para esse fim na palmilha dos calçados antes de colocá-los;

  • para ajudar um pouco mais, utilize um spray antisséptico nos pés a fim de evitar o chulé.

Pronto, agora que já sabe como tirar o chulé do pé, como tirar cheiro de chulé da sapatilha, tênis e outros calçados, não precisará mais sofrer com o cheiro ruim ou ficar embaraçado na hora de retirar os sapatos na frente de outras pessoas.

Mais dicas de como tirar chulé

Além de tudo o que falamos até aqui, alguns cuidados básicos de higiene podem ajudar a evitar chulé, tais como lavar bem entre os dedos com um sabonete antisséptico, utilizar cremes hidratantes que contêm ureia na fórmula e ter certeza que os pés estão totalmente secos antes de calçar os sapatos.

Lave os pés corretamente

A higiene pessoal ainda é a principal arma contra qualquer tipo de mau cheiro. Por isso, cuide de lavar os pés adequadamente durante o banho, dando uma atenção especial entre os dedos. Isso porque ali ficam acumuladas sujeirinhas do dia, suor e outros elementos que, se não forem removidos completamente, agravam o chulé.

O mesmo vale para quando o banho termina. Na hora de se secar com a toalha, deixe a preguiça de lado e seque bem entre os dedos, para que não sobre nenhum cantinho de umidade para atrair não só o chulé, como também micoses.

Faça uma esfoliação periódica da pele

Para evitar o chulé é interessante fazer uma esfoliação nessa região, de preferência uma vez por semana. O procedimento pode ser realizado com o auxílio de lixas ou buchas vegetais, de forma caseira — isso remove a camada de queratina dos pés e elimina resíduos e outros materiais orgânicos que podem causar mau cheiro quando em contato com a transpiração natural da pele.

A fim de que a esfoliação tenha mais resultado, esfregue também os pés com bicarbonato de sódio e vinagre, ou então faça um escalda-pés à noite com um pouco de água sanitária na água. Outras misturas eficientes são água e vinagre ou água de gengibre — basta ferver um pedaço da raiz e esperar amornar.

Mantenha as unhas bem cuidadas

Observe se as unhas estão devidamente aparadas, limpas e lixadas, para que não haja proliferação de fungos e bactérias também nessa área. Por mais que você não tenha o hábito de visitar uma pedicure, é possível fazer esse processo de higienização em casa, com um bom cortador, um limpador de cantos e uma lixa. 

Beba muita água

Sim, a hidratação correta do corpo colabora para que as substâncias causadoras do chulé no seu organismo sejam diluídas com mais facilidade e eliminadas do seu corpo. Portanto, não deixe de tomar bastante água durante o seu dia! 

Utilize produtos específicos

Se o problema persistir mesmo depois de todas as dicas, é interessante procurar um dermatologista, pois ele poderá indicar soluções mais potentes. Assim, serão recomendados produtos mais específicos, como cremes, talcos, sabonetes ou sprays antissépticos.

Por fim, vale ressaltar que não adianta colocar as nossas dicas de como tirar o chulé do pé em prática apenas uma vez. O que realmente vai surtir efeito é o cuidado diário. Portanto, faça com que as suas medidas para não ter chulé se tornem um hábito, incorporando aos poucos todas as atitudes aqui descritas como parte da sua rotina.

Agora que você já sabe como cuidar dos pés e se livrar do chulé, não deixe de compartilhar este conteúdo em suas redes sociais. Afinal, quando a dica é boa, ela deve ser repassada aos amigos!

Publicado originalmente