Unilever

Ideias sustentáveis: seja ecologicamente correto

As melhores ideias sustentáveis para ser ecologicamente correto e contribuir com o meio ambiente. Confira aqui as dicas do Cleanipedia.

Atualizado

As melhores ideias sustentáveis para casas ecologicamente corretas necessariamente passam por reduzir, reciclar e reutilizar. Adotar pequenas atitudes no dia a dia e preparar sua casa para consumir o mínimo possível de água e energia são alguns dos segredos para ajudar na preservação do meio ambiente e economizar. Casas sustentáveis são amigas não só do planeta, mas também do seu bolso. 

Mas como tornar o seu lar um ambiente ecologicamente correto? Algumas boas escolhas e ideias sustentáveis para a sua casa podem minimizar o impacto ambiental causado pelo consumo de recursos, e você pode incorporá-las facilmente na sua rotina.

Como ser ecologicamente correto

O chamado “3 Rs” é um processo simples de 3 estágios que foca em minimizar o desperdício e o consumo de energia, reduzindo o que usamos, reutilizando o que produzimos e reciclando o que não pode ser reutilizado em casa. 

  1. Reduzir

    Casas sustentáveis são aquelas em que reduzir é palavra de ordem, seja em relação aos recursos consumidos ou aos resíduos produzidos. Diminuir a quantidade de água e energia que gastamos e a quantidade de lixo que geramos é fundamental para a preservação do meio ambiente.

    Em relação ao lixo, uma das coisas que tem maior impacto é reduzir a quantidade de plástico que utilizamos:

    - Prefira alimentos e produtos de limpeza que podem ser comprados a granel, diminuindo a quantidade de embalagens; - Substitua escovas e esponjas de plástico por bambu e fibras naturais (inclusive escovas de dente); - Não compre mais que o necessário quando for ao mercado. Evite o desperdício.

  2. Reutilizar

    De água a embalagens, há muitas coisas que você pode reutilizar na sua casa e aplicar ideias sustentáveis para o dia a dia.

    A reutilização da água é fácil e causa um impacto muito positivo: - A água coletada durante o banho ou descartada pela máquina de lavar roupa pode ser usada para a descarga ou para lavar o quintal e a calçada. - A água usada na pia serve para molhar plantas em casa ou no jardim. - A água da chuva também pode ser utilizada para qualquer um destes fins.

    Você pode reaproveitar potes e latas como vasos de flores ou para guardar pequenos objetos (depois de tirar os restos de adesivo dos rótulos), ou reutilizar as embalagens em vez de comprar uma nova cada vez que comprar um produto. OMO Tira Manchas, por exemplo, pode ser comprado em refil econômico, para que você reutilize a embalagem original várias vezes. A natureza agradece.

  3. Reciclar

    Você sabia que se consome 70% menos energia para reciclar papel do que para produzi-lo a partir de matéria-prima?

    Há muitas formas de reciclar, e dá pra ser bem criativo. Brinquedos, porta-lápis, instrumentos musicais: garrafas pet e outras embalagens que não forem reaproveitadas podem ser recicladas de forma útil e divertida, com ou sem crianças em casa.

    - Separe o lixo reciclável dos resíduos orgânicos, leve os materiais recicláveis até pontos de coleta seletiva ou recicle em casa. - Transforme o lixo orgânico de origem não animal em adubo para suas plantas e seu jardim fazendo compostagem. - Dê preferência ao uso de pilhas recarregáveis e não descarte pilhas e baterias direto na natureza. Procure pontos de coleta específicos. - Separe roupas, móveis e outros objetos que você não usa mais e doe para entidades de caridade.

Ideias sustentáveis para o dia a dia

Algumas boas escolhas podem minimizar o impacto ambiental causado pelo consumo de recursos e produção de resíduos. Confira a seguir algumas ideias sustentáveis para o meio ambiente que você pode aplicar na rotina da sua casa:

Pense na iluminação Além de consumir menos recursos, investir em uma iluminação sustentável ajuda você a economizar na conta de luz no fim do mês.

  • Procure aproveitar o máximo possível da luz solar deixando suas janelas e cortinas abertas durante o dia.

  • Utilize lâmpadas de LED, que são recicláveis, diminuem o consumo de energia, possuem vida útil mais longa e não contam com materiais pesados como mercúrio na sua composição.

  • Se possível, instale um sistema de aquecimento e energia solar.

  • Instale sensores de movimento na parte externa da casa ou em áreas com pouca circulação.

Adapte torneiras e chuveiros Torneiras e chuveiros que economizam água ou com sensores também podem reduzir drasticamente o consumo da casa.

Uma alternativa barata é comprar um redutor de vazão, disponível em lojas de material de construção. Estes redutores são pequenos anéis fáceis de serem instalados e que reduzem a quantidade de água que sai das suas torneiras:

  1. Desligue o registro geral;

  2. Desenrosque a torneira;

  3. Posicione o anel entre o cano e a base da torneira, bem na saída de água.

Escolha o material dos pisos Se você está prestes a trocar o piso da casa, por que não considerar o uso de materiais ecologicamente corretos? O piso de bambu, por exemplo, tem a vantagem de ser mais resistente que o carpete de madeira e não agredir tanto a natureza. Isso porque o bambu leva bem menos tempo para crescer do que uma árvore.

Para as áreas externas da casa, os pisos drenantes são uma boa opção. Além das suas propriedades antiderrapantes, eles permitem que a água da chuva seja devolvida aos lençóis freáticos. Por ser feito de matéria-prima reaproveitada, esse tipo de piso consome menos recursos em sua fabricação.

Fique atento à máquina de lavar roupas Na rotina de uma casa, a tarefa doméstica que mais consome água e energia é a lavagem da roupa. Com algumas boas práticas é possível ser ecologicamente correto e reduzir o impacto ambiental desta atividade:

  • Acumule a roupa a ser lavada e use a capacidade máxima da máquina, economizando água e energia ao lavar uma boa quantidade de roupa de uma vez.

  • Tenha cuidado para não sobrecarregar a máquina (verifique o manual de instruções ou o site do fabricante se estiver na dúvida sobre a capacidade do seu equipamento).

  • Lave a roupa a temperaturas mais baixas. Consome-se muito mais energia para esquentar a água até 40 °C do que até 30 °C, por exemplo, e a maioria dos sabões para roupas funciona tão bem a 30 °C quanto a 40 °C.

Escolha os produtos certos Com boas escolhas de produtos é possível incorporar atitudes ecologicamente corretas. Use produtos concentrados, como OMO Refil Concentrado para Diluir e Comfort Concentrado, que levam menos água em sua produção, são feitos com ingredientes biodegradáveis e têm embalagens compactas que levam menos matéria-prima em sua fabricação, geram menos resíduos e reduzem a emissão de CO2 durante o transporte

Mais dicas para casas ecologicamente corretas

  • Tenha mais plantas em casa, que deixam a temperatura mais amena;

  • Utilize sempre madeiras que sejam certificadas;

  • Se possível, tenha uma máquina de lavar louça, que pode economizar até 85% de água em comparação à lavagem manual usando o ciclo de lavagem econômico;

  • Planeje o espaço do ar condicionado, analisando as correntes de ar do ambiente e pensando na decoração de uma forma que não obstrua a passagem de ar;

  • Mantenha a sua casa sempre arejada;

Viver em casas sustentáveis e adotar um estilo de vida mais positivo para o meio ambiente não é tão difícil quanto parece.

Lembre-se: você não precisa fazer mudanças muito grandes ou complicadas para fazer a diferença. Às vezes, coisas pequenas representam um grande impacto na ajuda ao meio ambiente. E tenha sempre em mente os “3 Rs”: reduzir, reutilizar, reciclar.

Publicado originalmente