Não tem mistério, organização e decoração caminham juntos. Por um motivo simples: é possível decorar o seu quarto e proporcionar um ambiente agradável e relaxante, fácil de limpar, que seja a sua cara e possibilite a organização de um jeito rápido e fácil. Você duvida? Depois de conhecer essas dicas do Cleanipedia você vai aprender como organizar o quarto sem gastar muito tempo ou ter muito trabalho.

Criatividade e funcionalidade são palavras de ordem na hora de decorar quarto. O ambiente precisa estar sempre organizado e limpo. Para unir essas qualidades em um único cômodo, é importante planejar e saber quais móveis e itens devem estar dentro do ambiente. Além disso, a decoração do quarto deve privilegiar a iluminação e áreas de circulação, mesmo que o espaço seja reduzido.

Como organizar um quarto simples e pequeno?

Se a bagunça já está instaurada no quarto, pare e respire! Eleja um dia para organizar tudo com calma e sem estresse. Coloque uma música gostosa para tocar, abra as janelas e mãos à obra!

1. Comece recolhendo do quarto todas as roupas que estão jogadas no chão, na cama e onde mais estiverem. Separe as roupas que estão sujas e leve-as para a lavanderia. Faça o mesmo com sapatos, tênis e bolsas.

Como você sabe se as superfícies da cozinha e do banheiro foram desinfetadas?

Mão feminina segurando pilha de roupas coloridas dobradas na janela

2. Recolha os papéis, desodorantes, cremes de corpo e perfumes jogados pelo quarto e coloque-os em seus devidos lugares. Se possível, papéis vão para o escritório ou uma escrivaninha destinada ao estudo e ao trabalho. Já os produtos de cuidados pessoais, tente guardá-los no banheiro. Se for necessário, pense em adaptar uma prateleira ou usar organizadores atrás da porta para isso, caso o espaço seja pequeno ou não possua armários suficientes.

Organizadores de objetos pendurados atrás da porta do banheiro

3. Não se esqueça de arrumar o guarda-roupa. A melhor forma de fazer isso é retirar todas as peças de uma vez colocando em cima da cama. Depois, faça uma triagem por categoria em pilhas diferentes (por exemplo: calças, blusas, camisas, vestidos, saias etc.) selecionando quais roupas vão para doação e quais voltarão para o armário. Atenção com o capricho para dobrá-las e guardá-las. Isso faz muita diferença na organização.

Interior de armário arrumado com roupas coloridas dobradas e penduradas

4. Assim como fez com as roupas, faça com os outros item que tiver que guardar. Livros em uma pilha, discos e CDs em outra, documentos em outra e assim por diante. Depois de fazer isso, você terá uma ideia de quanto espaço precisará no quarto para tudo o que tem e uma ideia melhor de onde as coisas podem ou devem ser guardadas.

Pilha de papéis e documentos organizados e identificados

5. Faça uma outra pilha especial para aquilo que você sabe que não terá espaço para guardar. Divida essa pilha em objetos que você precisa tirar do quarto e itens que devem ser jogados fora. Caso não queira doar, você ainda pode ganhar um dinheiro extra vendendo esses itens no eBay, Mercado Livre e outros sites similares.

6. Limpe o armário completamente antes de voltar com as roupas para dentro dele.

Produto de limpeza e pano de microfibra no interior do armário

7. Depois de organizar tudo que está fora do lugar, faça uma limpeza no quarto. Comece limpando todo o piso, inclusive debaixo da cama. Enquanto for fazer isso, se possível, deixe o colchão em uma área externa para que possa tomar pelo menos uma hora de sol. Na sequência, tire o pó da cama e dos móveis. Por fim, troque os lençóis de cama deixando-a bem arrumada.

Dica: Sachês perfumados no armário e embaixo da cama ajudam a manter um ambiente sempre agradável. Saquinhos com giz ajudam a retirar a umidade de gavetas e prateleiras para que as roupas não mofem.

Decoração: como organizar móveis em quarto pequeno?

Os móveis podem ser grandes aliados na hora de organizar um quarto pequeno. Isso mesmo! Quem mora em casa pequena já conhece essa história. Muitas vezes, a bagunça fica acumulada porque não há espaço suficiente para guardar tantas coisas.

E qual a melhor maneira de arrumar o quarto se o assunto é decoração?

Espelho e vaso de plantas em cima da cômoda

A forma é investir em móveis multifuncionais, como as escrivaninhas que também servem como penteadeira, por exemplo.

Geralmente, eles são um pouco mais caros do que os itens comprados separadamente, mas o investimento pode valer muito a pena, especialmente quando o espaço é reduzido. Faça o seu planejamento de acordo com a necessidade de armazenagem da sua família ou dos moradores da casa.

Uma cama com baú ou cama com gaveteiro embaixo também pode ajudar muito. Se você não tem roupeiros em um corredor, por exemplo, guarde as toalhas, roupas de cama e cobertores nesses espaços. Outra opção mais radical é utilizar camas que podem ser dobradas e fixadas na parede durante o dia.

Libere espaço: é hora de desapegar

Outra dica de como organizar um quarto, independente de seu tamanho, é liberar espaço.

  • A primeira alternativa para isso nós já sugerimos: desapego. E isso não serve apenas para as roupas que não estão sendo usadas. Serve para móveis, tapetes, bichos de pelúcia, brinquedos, elementos de decoração, quadros, vasos, e por aí vai. Quanto menos itens para serem distribuídos no ambiente, mais circulação, maior a sensação de espaço.

  • A segunda alternativa para isso tem a ver com decoração: em vez de usar luminárias em cima de mesinhas, opte por pendurá-las na parede ou no teto. Fazendo isso, você pode usar o móvel ao lado da cama para organizar livros e outros objetos ou até decidir não usar mais a mesinha. A TV é outro item que pode ir para a parede.

  • Cada objeto deve ter seu lugar e sua função em um quarto. Invista em móveis planejados, porque eles são feitos sob medida e pensados para a sua necessidade.

  • Instale nichos e prateleiras no quarto se não for possível se desfazer dos itens que não cabem em armários e mesinhas. Os nichos otimizam o espaço porque liberam o que está em cima de mesas e escrivaninhas deixando-as livres e limpas. Ou levam para as paredes o que antes deveria estar na área de circulação. Se for necessário, instale nichos e prateleiras bem perto do teto.

  • Por fim, coloque em prática a regra mágica da organização: usou, guardou. Sujou, limpou. Por mais corrido que seja o seu dia, tente não acumular tanta coisa fora do lugar no quarto. A bagunça dá a impressão de o cômodo ser menor do que ele é de fato. É mais fácil deixar tudo em ordem quando a bagunça ainda é pequena.

Outra dica é fazer uma limpeza com frequência. Portanto, uma vez por semana, guarde tudo, afaste os móveis e passe uma vassoura ou um aspirador no chão. Essa regra de ouro vale para organizar a casa inteira, combinado?

Agora é a hora de dicas funcionais

Prateleiras em escada ao lado da cama
  • Substitua cadeiras por banquinhos funcionais. No quarto pequeno, uma boa dica é trocar a cadeira com encosto por um banquinho que possa ser armazenado embaixo do móvel quando ele não estiver sendo usado. Você consegue ganhar mais espaço de circulação, mantendo uma superfície de apoio.

  • Será que você realmente precisa de um criado-mudo? Ao lado da cama, o ideal é que você tenha um espaço onde possa apoiar livros, celular, um copo ou garrafa com água e o que mais você quiser ter a mão, como seus óculos. No entanto, eles podem ser substituídos por uma cômoda com várias gavetas, uma escrivaninha funcional ou até mesmo prateleiras fixadas na parede. Escolha a solução que abrigue a quantidade de objetos que você realmente necessita.

  • Invista em portas de correr. Móveis com portas de correr são indicados para ambientes pequenos porque otimizam o espaço de circulação.

  • Aplique papel de parede. Os papéis de parede também são uma forma barata e interessante de dar personalidade ao ambiente. A dica para decorar quarto pequeno é aplicá-lo em uma ou duas paredes, deixando as outras lisas, de modo que se crie um respiro visual, gerando a sensação de amplitude.

  • Para famílias grandes: bicamas, beliches e treliches são boas pedidas. A dica para quem tem dois ou mais filhos dividindo o mesmo quarto é optar por beliches e treliches. Esses móveis aproveitam o espaço vertical do quarto e, dependendo de seu design, podem apresentar escrivaninhas e prateleiras embutidas. As bicamas também são interessantes até para quem tem filho único. Afinal, a gente nunca sabe quando terá hóspede.

  • “Espelho, espelho meu…” Além de trazerem a sensação de amplitude especialmente desejada em ambientes pequenos, os espelhos no quarto são bastante úteis - seja para visualizar o look completo, dar nó em gravata ou auxiliar na maquiagem. Uma boa ideia é substituir uma ou mais portas do armário por espelhos. Um espelho com moldura na cabeceira da cama também funciona.

  • A escolha das cores também é importante Ao decorar quarto, é preciso definir as cores que serão utilizadas no projeto. Os tons claros dão a ilusão de um espaço maior, enquanto muitos tons vibrantes fazem exatamente o contrário. Se o quarto for grande, dá para inovar nas cores, pintar meia parede ou apenas o teto.

Para finalizar, é bom se lembrar que o quarto é o que temos que mais se aproxima do ninho. Por isso, quando pensar nele, pense em aconchego. É no quarto que as pessoas relaxam depois de um dia de trabalho. É para lá que querem voltar e se sentir seguras. O mesmo acontece com as crianças e seus quartos. O quarto é sinônimo de abraço. E mesmo quando o abraço é apertado nos sentimos bem, não é verdade?