Tinta antimofo funciona mesmo? Saiba mais

Entenda se a tinta antimofo funciona, como ela age e por que é importante manter a casa livre desse problema tão perigoso

Atualizado

Mão com luva azul limpando parede mofada

Paredes com mofo são um problema em toda a casa. Afinal, por mais que tudo esteja limpo e organizado, as paredes com mofo sempre dão um aspecto de que o lar está um pouco descuidado. O mofo fica acumulado em lugares que têm muita umidade e pouca ventilação, por isso, é fundamental sempre deixar a casa arejada para prevenir o surgimento desse problema. Entretanto, existem várias formas de acabar com o mofo, como a tinta antimofo. Mas será que resolve?

Mofo pode fazer mal para a saúde, portanto, manter uma casa limpa, arejada e livre desse problema garante o bem-estar de todos, além de manter o ambiente mais bonito.

Afinal, tinta antimofo funciona?

Pode funcionar, mas é preciso investir em produtos de qualidade. Pela regra, as tintas antimofo devem ter na composição propriedades fungicidas e bactericidas. Dessa forma, elas conseguem conservar as superfícies que ficam expostas à umidade.

Quando a casa tem problema de umidade ou é pouco muito arejada, vale apostar em tinta antimofo para pintar tetos e paredes, principalmente daqueles cômodos em que não bate muita luz do sol.

Se você mora em uma casa térrea, não precisa pintar as paredes de fora com tinta antimofo, porque o lado externo do imóvel já está exposto ao sol e ao vento.

E se a parede já estiver mofada?

Quando as paredes ou teto da casa já estão com marcas de mofo e bolor, o indicado é remover todo o mofo, arejar a casa e só depois pintar o cômodo novamente com tinta antimofo. Veja aqui como remover mofo e bolor das paredes. Indicamos a leitura para resolver esse problema antes de pintar a casa novamente.

Lugares que podem acumular mofo

A melhor maneira de evitar mofo é garantir a limpeza e a ventilação da casa, certo? Mas existem cômodos e cantinhos da casa que são especialmente propensos a acumularem mofo:

Banheiro

Nem precisa muito explicar o porquê, não é mesmo? Normalmente, o banheiro é o local mais úmido da casa e um dos ambientes mais propensos à proliferação de fungos. A dica é sempre checar as áreas em volta da banheira, a parte do teto que fica perto do chuveiro e os rejuntes dos pisos e dos azulejos. Sempre que aparecer um pontinho de mofo e bolor, remova-o. Além disso, fique de olho nos vazamentos da pia e do vaso sanitário, porque eles podem trazer mais umidade.

Porão

Sabe aquele quartinho escuro da bagunça? Então, se ele for escuro mesmo e com pouca ventilação pode acumular muito mofo nas paredes e é importante ficar de olho. Faça uma limpeza periódica no cômodo e garanta que o ar circule por ali.

Pias

Os cantos da parede perto do sifão e do encanamento da pia podem acumular muito mofo e bolor. Por isso, é importante ficar de olho para garantir a remoção de qualquer sinal de bactérias.

Escadas

Os cantos das escadas podem ser um outro lugar em que os fungos e as bactérias podem aparecer. Tente não acumular objetos embaixo da escada e manter o local sempre limpo.

Publicado originalmente