Unilever logo
Logotipo de Cleanipedia

Como cuidar de gatos em apartamentos: dicas e cuidados essenciais

Quer ter um animal de estimação mas tem pouco espaço em casa? Aprenda como cuidar de gatos em apartamento e aproveite a companhia desses peludinhos, sem abrir mão do conforto.

Atualizado Por Equipe Cleanipedia

Sofá destruido por unhas de gato e gato
Destaque
Cleanipedia planilha mágica de divisão de tarefas domésticas

Se você gostaria de ter um animal de estimação, mas se preocupa que o ambiente seja pequeno demais para acomodar um pet, ter um gato pode ser uma ótima opção. Gatos são animais naturalmente muito asseados, brincalhões e inteligentes. Essas características fazem deles os pets ideais para quem mora em espaços menores mas, mesmo assim, é importante saber como cuidar de gatos em apartamento.

Organizamos esse guia de cuidados com os gatos para te ajudar a garantir que, tanto os bichanos, quanto os outros moradores da casa, estejam sempre saudáveis e felizes. As dicas de cuidado são bastante simples, mas é importante conhecer todos esses detalhes sobre como criar gato em apartamento, antes mesmo de adotar o bichinho. Confira a seguir.

Aprenda a criar gato em apartamento

Veja abaixo um passo a passo completo, com todas as instruções para cuidar bem do seu amigo de quatro patas se você mora em apartamento.

Você vai precisar de:

  • Caixa de areia
  • Comedouro
  • Bebedouro
  • Escova ou luva para escovar pelos
  • Coleira com peitoral
  • Bolsa transportadora
  • Água
  • Ração para gatos
  • Granulado sanitário

Como cuidar de gatos em apartamento

  1. Torne o ambiente seguro

    Os gatos são os pets mais ágeis que você pode ter, por isso, tornar o ambiente seguro é fundamental. Coloque telas sobre as janelas, para evitar que o animal fuja, e mantenha as portas bem fechadas. Se alguma parte da casa tem portas que não fecham corretamente, conserte estas frestas antes mesmo de adotar um bichano e trazê-lo para o seu lar.

  2. Considere a castração

    Avalie junto ao seu veterinário de confiança a possibilidade de castrar o seu gato. Gatos machos, quando não castrados, muitas vezes têm o hábito de fazer xixi em vários locais diferentes, como uma forma de demarcar seu território e mostrar quem é que manda. Além disso, a castração ajuda a evitar os miados excessivos, tão comuns quando os felinos estão no cio.

  3. Ofereça uma alimentação balanceada

    Também com a ajuda do veterinário, escolha uma ração de qualidade para o seu gato, seja ela seca ou úmida. As rações secas têm a vantagem de serem práticas de servir e, normalmente, não têm o odor forte que a maioria das comidas úmidas possui. Por outro lado, a alimentação úmida costuma ser a preferida dos bichanos, e ajuda a complementar a ingestão de líquidos para os animais que bebem pouca água. Deixe o bebedouro com água sempre à disposição do gato, e ofereça a ração duas vezes ao dia, ou conforme a orientação do veterinário.

  4. Torne o ambiente divertido

    Assim como nós humanos, os gatos podem desenvolver problemas físicos e emocionais pela falta de lazer e entretenimento. Para garantir que seu bichano esteja sempre alegre, coloque no ambiente itens para que ele possa brincar e se distrair. Ofereça a ele itens variados como brinquedos, arranhadores, tocas e até um pouco de catnip, também conhecido como erva gateira.

  5. Capriche na higiene

    Depois de escolher uma caixa de areia adequada, o mais importante é colocar na caixa de areia um material absorvente de alta qualidade, como o Granulado Sanitário Cafuné Pets. Um bom granulado sanitário, além de eliminar o cheiro de xixi de gato, não ficará preso às patas e pelos dos gatos, evitando que o bichano espalhe granulados pela casa depois de usar o banheiro.

    Para garantir o bem estar da família, é essencial tirar o cheiro de xixi da casa. Além de cuidar regularmente da caixa de areia, a higiene diária do bebedouro e do comedouro do seu bichano também evitará odores desagradáveis.

  6. Dê atenção ao seu bichano

    Além dos brinquedos e arranhadores que mantêm seu gato entretido quando você não está em casa, é importante interagir com o animal para que ele se sinta feliz. Faça carinhos, brinque muito e até faça passeios com o seu gato sempre que puder. No caso dos passeios, não se esqueça de usar uma bolsa ou caixa transportadora, e colocar uma coleira com peitoral própria para gatos no seu bichano. Esses acessórios são essenciais para evitar fugas ou acidentes.

    Se seu gato não gostar de sair de casa, não force os passeios. Começar com passeios curtos, indo a locais calmos, também é importante para garantir que a atividade seja divertida para o animal.

  7. Escove os pelos do gato regularmente

    A maioria dos gatos gosta de ser escovado e, além de ser uma forma de agradá-lo, a escovação frequente ajuda a evitar que os pelos fiquem espalhados pela casa e sobre os móveis. Escove sempre o seu gato com uma escova ou luva própria para este fim, e isso também prevenirá os problemas com as bolas de pelo que o bichano ingere.

    Caso o bichano não goste ou não esteja habituado à escovação, deixe que ele interaja e brinque com a escova por algum tempo, antes de escová-lo. Com o tempo ele deverá se acostumar e até passará a gostar da escovação.

Enquete

Na sua rotina de limpeza, qual produto você costuma usar para tirar o cheiro de pet da casa?

0 votos

Outras dicas para ter gato em apartamento

Quer mais dicas para ter um gato em apartamento? Veja abaixo mais alguns pontos que vão facilitar a sua rotina de cuidados com gato em apartamento.

  • Os gatos são muito higiênicos, e podem se recusar a comer se o comedouro e bebedouro forem colocados muito próximos ao local onde fazem suas necessidades. Por isso, coloque-os em locais bem distantes para evitar problemas;

  • Também por serem muito asseados, seus bichanos podem não usar a caixa de areia quando ela estiver muito suja. Sendo assim, é essencial limpar corretamente a caixa de areia dos gatos, para prevenir acidentes que sujem a casa;

  • Além de divertidas, as torres de fibra e os arranhadores disponíveis na maioria dos pet shops, são uma ótima ideia para evitar que seu gatinho decida afiar as unhas na sua mobília;

  • Alguns gatos têm o hábito de mordiscar e até comer plantas. Por isso, garanta que as plantas que você tem em casa não são tóxicas para o seu pet, caso ele decida provar algumas folhinhas.

Agora que você já conhece todos os cuidados com gatos em apartamentos, já pode partir para a melhor parte: adotar o bichinho. E não se preocupe: temos as melhores dicas para deixar a sua casa cheirosa mesmo com bichinhos de estimação em casa. Seguindo essas dicas, você e sua família poderão aproveitar a companhia desses animais adoráveis, sem preocupações.

Dúvidas frequentes sobre como cuidar de gatos em apartamentos

É bom ter gato em apartamento?

Como dissemos antes, os gatos são uma ótima opção de animal de estimação para quem mora em apartamento ou tem pouco espaço. Gatos dormem bastante e precisam de bem menos espaço, em comparação com os cães, por exemplo. Basta garantir que o ambiente esteja sempre bem limpo e seguro, conforme as dicas de limpeza que mencionamos nesse manual.

Posso ter dois gatos em apartamento?

Se você desejar, e o espaço permitir, você pode sim ter dois ou mais gatos no seu apartamento. Nesse caso, o mais importante é certificar-se de que os bichinhos sejam castrados para evitar contratempos, e não acabar com uma ninhada completa de gatinhos em casa, ok?

Um gato fica sozinho em apartamento sem problemas?

Os gatos são animais muito independentes e dorminhocos. Isso faz com que sejam bons animais de estimação para quem passa boa parte do dia trabalhando ou fora de casa. Mesmo assim, seus bichanos não devem ser deixados sozinhos em casa por dias. É preciso alimentá-los, cuidar da higiene e dar atenção aos seus gatos diariamente. Ou seja, se for viajar, peça aos amigos ou a um familiar que fique com seus pets. Se isso não for possível, também existe a opção de deixar os seus gatos em hotéis específicos para pets. Isso garante que eles estejam saudáveis e bem cuidados, enquanto você curte as suas férias.

Publicado originalmente