Água sanitária: conheça o jeito certo de usar e cuidados

Entenda porque a água sanitária é tão boa para limpeza, se ela é igual ao cloro e como usá-la sem trazer riscos à saúde

Atualizado

Frasco de água sanitária laranja ao lado de pano de limpeza

A água sanitária é um dos produtos de limpeza mais populares nos mercados, principalmente por ser uma opção barata, prática e bastante eficiente para quem deseja fazer uma limpeza pesada. E não para por aí: dá para usar água sanitária na casa inteira. Serve para desinfetar o banheiro todo, sobretudo limpar o vaso sanitário, a garagem, a cozinha, dá até para diluir bem a sustância e usar para lavar saladas ou limpar frutas.

Quer saber o motivo de esse item figurar entre os queridinhos dos brasileiros na hora da limpeza? Então, dê uma olhada nessas curiosidades, informações e, é claro, utilidades da água sanitária.

Se na hora de fazer a limpeza, você utilizar água sanitária em uma quantidade maior que a recomendada, é possível que comece a ter dificuldade de respiração, tosse e até ânsia de vômito. Se o contato for com a pele, podem aparecer vermelhidões e coceiras. Em caso de uso excessivo a dica é sair do ambiente que está com água de sanitária ou lavar a área do corpo afetada em água corrente. Se não melhorar, é importante ir ao médico.

1. O que é água sanitária?

A água sanitária é basicamente feita de hipoclorito de sódio. Tá bom, mas o que é essa substância? É um tipo de sal, mas com um grande poder oxidante. Isso quer dizer que ele é corrosivo, portanto, é extremamente importante usá-lo com cautela. É por isso, também, que encontramos o item comercializado em baixa concentração. A água sanitária vendida para limpeza, por exemplo, tem 2% ou 2,5% de hipoclorito de sódio. Vale ressaltar que misturar água sanitária com outro produto químico requer muito cuidado, porque a reação das duas substâncias pode até causar danos à saúde.

2. Por que a água sanitária é boa para limpeza?

Porque possui propriedade bactericida e esta característica faz dela uma aliada para desinfetar e esterilizar todos os cantinhos da casa e até matar larvas de mosquitos. No uso doméstico, além das utilidades que já citamos, serve para lavar roupas brancas, purificar água, limpar piscinas e caixa de água.

Use luvas de limpeza para evitar o contato com a pele, especialmente para produtos de limpeza mais pesados.

3. Existe um jeito certo de usar água sanitária?

Sim, justamente pelos motivos que já citamos, é importante usar a água sanitária da forma correta. Para limpeza em geral, a indicação é usar um copo de 200ml do produto para cada 5 litros de água. Quem pretende limpar pias e banheiros deve diluir ½ copo (100 ml) em 10 litros de água.

4. Qual a diferença entre água sanitária e cloro?

A água sanitária é obtida a partir da diluição do hipoclorito de sódio com a água, resultando em um produto para limpeza geral, branqueamento de tecidos e remoção de bactérias. Já o cloro, é uma substância química gasosa que não é vendida em seu estado puro. Porém, a partir dela são feitos outros produtos, como o próprio hipoclorito de sódio (usado para desenvolver a água sanitária) e o “cloro” usado nas piscinas, por exemplo.

5. É verdade que o hipoclorito de sódio mata o mosquito Aedes aegypti?

Não. Por ser um produto muito forte, existe esse boato de que a água sanitária é capaz de matar o mosquito que transmite a dengue, o Aedes aegypti, mas o que acontece, na verdade, é que o produto tem capacidade de matar as larvas do mosquito, antes de elas começarem a se desenvolver. Por isso, é possível lavar os pratinhos das plantas ou recipientes com larvas do mosquito com água sanitária.

Publicado originalmente