Unilever logo
Logotipo de Cleanipedia

Alergia a poeira: como combater a principal inimiga do sistema respiratório

Aprenda quais as causas da alergia a poeira e veja algumas dicas simples para combatê-la.

Atualizado

Escrito por Mariana Marques

Alergia a poeira
Destaque
CTA CIF Cremoso

Tosse seca, dificuldades para respirar, coriza, olhos lacrimejando e coçando, espirros constantes, coceira e eczemas na pele, chiados no peito, olhos avermelhados e irritados e congestão nasal: quem tem alergia a poeira conhece todos esses sintomas e sabe que, para aparecerem, basta ficar próximo a um inofensivo bichinho de pelúcia ou em um travesseiro, por exemplo. 

De acordo com a World Allergy Organization (WAO), cerca de 40% da população mundial sofre com algum tipo de crise alérgica ou doenças respiratórias, como rinite e asma, que impactam 20% da população. Os sintomas de alergia a poeira estão relacionados, principalmente, com a proliferação de ácaros, juntamente com a poeira presente no ambiente. A alergia é uma reação de defesa do nosso sistema imunológico contra substâncias estranhas que entram em contato com o organismo.  

Os ácaros são micro-organismos que se alimentam de pele humana e são responsáveis por cerca de 80% dos casos de rinite alérgica, asma e bronquite. Eles se acumulam em locais quentes e úmidos, como tapetes, sofás, travesseiros, roupas de cama, colchões, entre outros. 

Existem também outros tipos de alergia: alergia a sabão em pó, alergia a tecidos de roupas, alergia a medicamentos, e até mesmo alergia a produto de limpeza, saiba como prevenir uma intoxicação por produto de limpeza.

Diagnóstico de alergia a poeira

Para saber se você tem alergia a poeira ou não, é preciso consultar um clínico geral ou um alergologista. O diagnóstico é feito de forma simples, por meio de exames físicos e análises do histórico clínico. Para descobrir as causas da alergia, são realizados testes cutâneos, exames laboratoriais, testes de provocação, eliminação de causas, e podem ser solicitados tomografias e radiografias. 

Existe remédio para alergia a poeira e mofo?

A alergia a poeira não tem cura, mas existem ações que podem ser realizadas para evitar a proliferação de ácaros em ambientes quentes e úmidos. O principal remédio para alergia a poeira e mofo ainda é uma boa limpeza da residência. Se possível, utilize sempre o aspirador de pó em vez de vassoura, para que os ácaros e a poeira não se dispersem pelo ambiente, aumentando ainda mais o seu quadro alérgico.

Enquete

Na sua rotina de limpeza, qual produto você costuma usar para tirar o cheiro de pet da casa?

0 votos

Elimine da sua casa tapetes e carpetes, pois eles são difíceis de limpar e facilmente acumulam diversas sujidades, tornando-se um ambiente ideal para microrganismos. Utilize materiais antiácaros para cobrir superfícies como colchões, travesseiros e sofás e não se esqueça de fazer a higienização desses objetos de vez em quando. 

Existem diversas dicas simples do dia a dia para evitar que apareçam os sintomas de alergia a poeira e mofo, por exemplo: manter sempre a casa limpa e arejada, passe pano úmido com desinfetante no chão e pano com CIF Spray nos móveis, utilizar objetos de tecido sintético em vez de algodão ou penas, limpar o chão com pano úmido se não tiver aspirador de pó, trocar as roupas de cama semanalmente e fazer sua correta higienização, evitar bichinhos de pelúcia e utilizar máscara para limpar o ambiente.

Dúvidas frequentes sobre alergia a poeira

Quais são as causas da alergia a poeira?

A alergia é uma reação de defesa do nosso sistema imunológico contra substâncias estranhas que entram em contato com o organismo. No caso da alergia a poeira, ocorre a exposição a poeira e ácaros presentes no ambiente. Os ácaros são micro-organismos que se alimentam de restos de pele humana, que vivem em objetos como sofás, travesseiros, colchões, entre outros, que se proliferam em ambientes quentes e úmidos.

Como saber quais os sintomas da alergia a poeira?

Os principais sintomas de alergia a poeira são: tosse seca, dificuldades para respirar, coriza, olhos lacrimejando e coçando, espirros constantes, coceira e eczemas na pele, chiados no peito, olhos avermelhados e irritados e congestão nasal. Esses sintomas são encontrados em alergias diferentes. Por isso, é necessário realizar a correta diagnose. O diagnóstico é realizado por um alergologista ou clínico geral, que realiza exames físicos e análises do histórico clínico.

Tem algum remédio para alergia a poeira?

Não existe um remédio específico para esse tipo de alergia, o ideal é se precaver do ataque alérgico por meio de medidas tomadas no dia a dia, como: manter sempre a casa arejada, utilizar objetos de tecido sintético em vez de algodão ou penas, limpar o chão com pano úmido, se não tiver aspirador de pó, trocar as roupas de cama semanalmente e fazer sua correta higienização, evitar bichinhos de pelúcia e utilizar máscara para limpar o ambiente. Essas medidas simples ajudam a manter a casa livre de ácaros e poeira, tornando, assim, o ambiente mais limpo e saudável.

Publicado originalmente